Edição digital
PUB
Media

Sol renasce graficamente e 1 euro mais barato

“Em tempo de crise o preço assume uma grande importância e temos que nos tornar mais competitivos”, diz, em declarações ao M&P, José António Saraiva, director do semanário.

Elsa Pereira
Media

Sol renasce graficamente e 1 euro mais barato

“Em tempo de crise o preço assume uma grande importância e temos que nos tornar mais competitivos”, diz, em declarações ao M&P, José António Saraiva, director do semanário.

Elsa Pereira
Sobre o autor
Elsa Pereira
Artigos relacionados

O semanário Sol apresentar-se-à em banca na próxima sexta-feira, dia 20 de Abril, com um novo grafismo e irá subtrair 1 euro ao seu preço de capa, até aqui de 3 euros, avança ao M&P, José António Saraiva, director do título da Newshold. “O jornal vai ser totalmente diferente, impresso com qualidade de revista, agrafado e aparado”, conta o responsável.

A que se deve a diminuição do preço? “A administração decidiu baixá-lo para 2 euros, trata-se de uma diminuição de 33%”, comenta José António Saraiva, e partilha duas leituras para esta decisão. A primeira prende-se com motivos “estruturais”. “Em tempo de crise o preço assume uma grande importância e temos que nos tornar mais competitivos”, diz. A segunda razão, sustenta, é “conjuntural”, estando directamente ligada à colecção Eusébio em que o Sol irá distribuir 200 mil cadernetas. Assente numa parceria com o Benfica, “durante 19 semanas ofereceremos 10 cromos aos nossos leitores, desenhados pelo Nuno Saraiva e com legendas da Paula Cardoso”. A este propósito, a partir da próxima quarta-feira arranca uma campanha em mupis, televisão e rádio, desenvolvida pela Fuel para comunicar a iniciativa. Ora, continua a explicar o director do semanário, “com este volume de cadernetas haverá muita gente a querer comprar o Sol e 3 euros era muito dinheiro. Assim teremos mais compradores e esperamos atingir um público que nem sequer compra jornais habitualmente”. As cadernetas serão também distribuídas no estádio da Luz e com o desportivo A Bola.

Adstrita à nova imagem do semanário, desenvolvida internamente, está também uma mudança de tipografia: o Sol passará a ser impresso pela Sogapal. Antes era a Funchalense que garantia esses serviços. “Mais moderno, sofisticado, com grandes fotos a rasgar e títulos com letras maiores” é, grosso modo, como o director descreve o novo Sol. No entanto, salienta, “teremos mais força mas sem perder a eficácia”. Além do 1º Caderno, a revista Tabu também registará alterações gráficas e de conteúdo, bem como as suas congéneres Caju (Angola) e Lua (Moçambique). “Os grandes temas de investigação passarão a ser integrados na área da revista, que assim ganhará ainda mais actualidade”, revela o responsável.

Questionado pelo M&P acerca de possíveis comparações com o Público poderem sugerir algum seguidismo, José António Saraiva observa: “O Sol estará mais parecido com o Público, mas esse é o futuro. Quando uns jornais começam a aparecer com mais qualidade de acabamento os outros vão atrás. Não fazia sentido ficar a agarrado a um modelo que pertence ao passado”, refere o responsável. Quanto a valores de investimento, o director opta por não detalhar números, mas não esconde que toda esta operação “foi muito, muito, cara”. Não obstante, mostra-se convicto de que o retorno irá surgir através “de um aumento de vendas substancial”.

Sobre o autorElsa Pereira

Elsa Pereira

Mais artigos
PUB
Publicidade

Festival CCP tem 933 campanhas a concurso e menos 9% de inscrições

Categoria Craft em Publicidade tem um crescimento destacado (65%), para um total de 220 trabalhos a concurso, seguida pela categoria de Design (200), Publicidade (185), Digital (162), Experiências de Marca (88), Criatividade em Meios (52) e Integração e Inovação (26). As votações online para o apuramento dos finalistas nas sete categorias começam esta sexta-feira, 19 de abril, e decorrem até 2 de maio

Já estão encerradas as inscrições para o 26º Festival CCP, com um total de 933 projetos a concurso, apresentados por 112 entidades, entre freelancers, agências, estúdios, produtoras e pós-produtoras. Este é o ano com maior número de inscrições registadas na categoria Craft em Publicidade (+65%), apesar do decréscimo geral das inscrições (-9%), face a 2023.
A edição deste ano do festival do Clube da Criatividade de Portugal tem 185 trabalhos inscritos na categoria de Publicidade, 200 em Design, 162 em Digital, 88 em Experiências de Marca, 220 em Craft em Publicidade, 52 em Criatividade em Meios e 26 em Integração e Inovação.
As votações online para o apuramento dos finalistas nas sete categorias a concurso começam esta sexta-feira, 19 de abril, e decorrem até 2 de maio. Nesta primeira fase de votação, 50% dos resultados será apurado através dos votos do novo grupo do Júri de Shortlist, que conta com cerca de 300 sócios do CCP inscritos. Os restantes 50% resultam da votação do Júri Oficial do Festival.
De 15 a 17 de maio decorrem as votações presenciais do Júri Oficial, no espaço Xerox, em Lisboa, e todas as fases da votação são auditadas pela BDO, que apoia o festival desde a primeira edição.
Sobre o autorMeios & Publicidade

Meios & Publicidade

Mais artigos
Publicidade

Nova campanha da Super Bock Sky tem criatividade d’O Escritório

Nova campanha é protagonizada pelos atores e embaixadores da marca, José Condessa e Matilde Reymão, e está presente em televisão, publicidade exterior e meios digitais. O Escritório é responsável pela criatividade, enquanto o planeamento de meios está a cargo da Initiative, a amplificação digital é assegurada pela Live Content e a Adagietto tem a responsabilidade da ativação e gestão de influenciadores

A Super Bock está a lançar a nova campanha da Super Bock Sky, sob o mote “Mais leve, mais suave, mais fácil”, que pretende promover um estilo de vida mais equilibrado, em que se valorizam os momentos de descontração e de convívio entre amigos.

A campanha, protagonizada pelos atores e embaixadores da marca, José Condessa e Matilde Reymão, está presente em televisão, publicidade exterior e em meios digitais. O Escritório é responsável pela criatividade, enquanto o planeamento de meios está a cargo da Initiative, a amplificação digital é assegurada pela Live Content e a Adagietto tem a responsabilidade da ativação e gestão de influenciadores. A comunicação e assessoria de imprensa da Super Bock está a cargo da LPM.

A Super Bock Sky tem menos 30% de calorias, face à média de cervejas, e 3,3% de álcool, abaixo dos 5,2% de teor alcoólico habitual na Super Bock normal. A Super Bock Sky vai estar presente nos principais festivais de verão, como o Primavera Sound, o Rock in Rio Lisboa e o Super Bock Super Rock, entre outros.

“Estamos muito felizes com o resultado desta nova campanha da Super Bock Sky, protagonizada pelos talentosos José Condessa e Matilde Reymão. Através dela não queremos apenas destacar a qualidade desta cerveja, mas também reforçar o nosso compromisso para com um estilo de vida mais equilibrado, que é alimentado por momentos de descontração entre amigos. Queremos inspirar todos a viverem a vida de uma forma relaxada, enquanto desfrutam do prazer refrescante de beber uma boa cerveja. E Super Bock Sky é exatamente isso: uma escolha mais consciente para aqueles que procuram equilíbrio sem sacrificar o sabor e a experiência cervejeira”, adianta Bruno Albuquerque, diretor de marketing de cervejas e patrocínios do Super Bock Group.

Sobre o autorMeios & Publicidade

Meios & Publicidade

Mais artigos
Marketing

Village Underground celebra 10 anos com nova identidade visual criada pela Poets & Painters

A nova assinatura de marca, Village Underground – Culture Containers, remete para a vocação e sentimento do espaço, mas também para a diversidade e oferta do hub, que vai desde a música à gastronomia, passando por espaços de coworking e ativações culturais e corporativas

O Village Underground Lisboa, hub de empresas criativas e eventos culturais, celebra 10 anos em Portugal. Para celebrar os 10 de existência, o Village Underground Lisboa tem um novo sistema de identidade visual, desenvolvido pela agência de design Poets & Painters, que permite a criação de sub marcas, bem como uma nova assinatura de marca, ‘Culture Containers’, que remete para os contentores que são a base arquitetônica do espaço.

O sistema de identidade visual, pensado e criado pela Poets & Painters, tem como ponto de partida um logótipo de desenho original e um sistema de recursos visuais e verbais. Estes recursos personalizam diferentes pontos de contacto e níveis de comunicação, desde materiais físicos, digitais, de comunicação exterior, merchandising, até a motion graphics, permitindo a criação de submarcas, posteriormente.

A Poets & Painters desenvolveu igualmente a raiz identitária do Village Underground Lisboa, para criar fontes tipográficas, iconografia, ilustração e diferentes modelos de layout, através do recurso a elementos gráficos complementares, que permitem a organização da informação e a relação com outras matérias visuais, como a fotografia ou o vídeo. A tipografia ‘Basilar’, desenhada por Rui Abreu, fundador da R-Typography, complementa o sistema desenvolvido pela Poets & Painters.

Em comunicado de imprensa, a agência liderada por Pedro Pires avança que o novo sistema de identidade visual do Village Underground nasce do underground para chegar a todos, refletindo um ponto de encontro de culturas, experiências e manifestações artísticas e criativas, que se agregam por afinidade.

A nova assinatura de marca, Village Underground – Culture Containers, remete para a vocação e sentimento do espaço, mas também para a diversidade e oferta do hub, que vai desde a música à gastronomia e dos espaços de coworking, passando por ativações culturais e corporativas. Os contentores acabam por ser não só um símbolo físico, como também espaços que contém vida, arte, criação e cultura, explica o Village Underground em nota de imprensa.

Sobre o autorMeios & Publicidade

Meios & Publicidade

Mais artigos
Marketing

TTouch elabora estratégias de impacto social da EDP e da Meo (com vídeo)

Além das peças de divulgação dos clubes de corrida dentro dos bairros da Cova da Moura e do Zambujal, a TTouch criou para a EDP um filme sobre o projeto EDP Clube Runners, com produção e realização de Henrique Blanc. Na iniciativa Partilha Casa com a Meo, foi responsável pela criação da marca, nome, conceito, identidade e linha gráfica, bem como de todas as peças de comunicação da Une.Idades

A TTouch é a agência criativa por trás da elaboração e implementação das estratégias de impacto social dos mais recentes projetos da Meo e da EDP. Com a Meo, a TTouch desenvolveu a iniciativa Partilha Casa, no qual integrou a Associação Une.Idades, que promove a partilha de casa entre jovens estudantes e séniores. No caso da EDP, a TTouch fez o desenho, a implementação e a comunicação da EDP Clube Runners, clube de corrida na Cova da Moura e no Zambujal, bairros na Amadora.

Na iniciativa Partilha Casa, que é um programa nacional que existe com o objetivo de promover a partilha de alojamento entre séniores e jovens universitários, a TTouch foi responsável pela criação da marca, nome, conceito, identidade e linha gráfica, bem como de todas as peças de comunicação da Une.Idades. Para além de promover a intergeracionalidade, a Une.Idades pretende responder a dois grandes problemas sociais da atualidade: a falta de habitação acessível e a solidão dos séniores.

Já para a EDP Clube Runners, a TTouch criou a identidade, a linha gráfica e o merchandising dos dois clubes de corrida, para as pessoas que vivem na Cova da Moura e no Zambujal, comunicando esta iniciativa solidária que facilita o acesso ao atletismo a jovens entre os 12 e 16 anos, apostando na formação, para criar uma comunidade desportiva forte dentro dos bairros e impactar socialmente através do desporto.

Além das peças de divulgação dos clubes dentro dos bairros, a TTouch criou para a EDP um filme sobre o projeto, com produção e realização de Henrique Blanc. Este projeto para a EDP Clube Runners contou com a colaboração da Associação Social Innovation Sports, que promove o desporto como um bem de interesse social, ao serviço das comunidades, famílias, jovens e crianças em situações de vulnerabilidade.

“Queremos mudar o mundo um bocadinho de cada vez, através daquilo que melhor sabemos fazer ativismo criativo”, explica Mariana Galindo. A cofundadora da TTouch acrescenta que “com o apoio e a confiança depositada por marcas como a Meo ou a EDP, temos conseguido, cada vez mais, mudar o paradigma da nossa indústria, dando mais sentido às estratégias de comunicação e ideias, orientando-as para o impacto e contribuindo, desta forma, para um mundo melhor e mais justo”.

Sobre o autorMeios & Publicidade

Meios & Publicidade

Mais artigos
Comunicação

Sport Zone entrega comunicação à DLaundry

Depois da Companhia das Soluções e da Taylor, a marca desportiva, lançada pela Sonae em 1997, regressa à agência do grupo Samy Alliance, especializada em relações públicas, assessoria estratégica, eventos e gestão de redes sociais

A Sport Zone acaba de entregar a assessoria de imprensa e a comunicação estratégica à DLaundry, agência do grupo Samy Alliance especializada em relações públicas, eventos e gestão de redes sociais. Reforçar o posicionamento da marca desportiva, que conta com uma rede de 90 lojas no país, é a ambição do acordo assinado. “Adicionalmente, o compromisso desta colaboração passa também pela criação de experiências memoráveis e significativas para os stakeholders”, esclarece a Samy Alliance em comunicado.

Depois de ter sido comunicada pela Companhia das Soluções e pela Taylor, a insígnia regressa agora à consultora. “A Sport Zone já tinha histórico connosco, pelo que temos muito prazer em voltar a trabalhar a marca, agora a longo prazo. Enquanto parceiros de relações públicas, estamos muito entusiasmados com o ano [de colaboração] que se avizinha e todos os fantásticos projetos que teremos oportunidade de trabalhar em conjunto”, assume Alexandra Navarro, diretora de clientes executiva da Samy Alliance Portugal.

“Estamos a rumar cada vez mais longe, reforçando o nosso posicionamento enquanto parceiros de confiança, sempre alinhados com a visão e os objetivos dos nossos clientes”, acrescenta ainda a responsável. “Ao longo deste ano, a Samy Alliance continuará a sua jornada de crescimento e sucesso, redefinindo os limites da criatividade e inovação na indústria do marketing e da comunicação”, promete a agência. Lançada pela Sonae em 1997, a Sport Zone foi adquirida pela JD Sports, em outubro, por €300 milhões.

Sobre o autorLuis Batista Gonçalves

Luis Batista Gonçalves

Mais artigos
Media

Audiências: Consumo diário de televisão atinge valor mais baixo do ano

Na semana de 8 a 14 de abril, o futebol ocupa a primeira posição do ranking global da programação, segundo a análise Data Insights do Havas Media Group. SIC e TVI aumentam a quota de audiência, RTP1 desce. O canal da Media Capital mantém a liderança semanal por cerca de um ponto percentual

O consumo global de TV desce mais uma vez esta semana e de forma acentuada, caindo cerca de 30 minutos por dia, e ficando agora nas 5h02m diárias, o valor mais baixo do ano, até agora.

Na variação do quota de audiência semanal, SIC, TVI e Cabo reforçam as respectivas quotas de audiência esta semana, RTP1 e Outros descem, com a TVI a manter a liderança semanal. Assim, a RTP1 perde quota de audiência e tem agora 10,3% de quota, ao contrário da SIC, que reforça e atinge os 14,9% de quota de audiência semanal, e da TVI, que reforça também e tem agora 16,0% de quota semanal. A Cabo reforça pela margem mínima, fica com 40,5% de quota, o Outros (que inclui o visionamento em time shift, streaming e vídeo/jogos) desce, tem esta semana 16,6% de quota de audiência.

A CMTV continua na liderança da tabela dos canais mais vistos da cabo, mas nas posições que se seguem há novamente uma troca de lugares, com a CNN Portugal a subir até ao segundo lugar, por troca com a SIC Notícias, que encerra assim o pódio da semana. Nos lugares que se seguem estão a TVI Reality, STAR Channel, Hollywood, TVI Ficção e Globo, e esta semana destaque para o regresso de SIC Mulher e STAR Life à tabela dos canais mais vistos da cabo, ocupam as restantes posições do Top 10.

No top de programas da semana, o futebol continua a dominar o topo da tabela, desta vez com competições europeias: a transmissão de Futebol – Liga Europa/Benfica X Marselha, feita pela SIC, ocupa o primeiro lugar, e o jogo Liga dos Campeões/Paris SG X Barcelona, transmitido pela TVI está na posição seguinte. As restantes posições estão ocupadas pelo reality show da TVI, com Big Brother, seguido por Big Brother – Especial e por Big Brother – Os Grupos.

O programa da CMTV, Notícias CM, continua a ocupar a primeira posição no ranking dos programas mais vistos da cabo, mais uma vez dominado por conteúdos da CMTV. Nas posições que se seguem estão os desportivos Golos: Primeira Parte/Benfica X Moreirense e Golos: Segunda Parte/Benfica X Moreirense, e nas restantes encontramos o Grande Jornal – Noite e Investigação CM/Vidas de Sacrifício.

Sobre o autorMeios & Publicidade

Meios & Publicidade

Mais artigos
Publicidade

Ikea celebra duas décadas em Portugal com campanha da Uzina (com vídeos)

Além da criatividade da Uzina, a campanha conta com a produção da Proud e a realização de Martim Condeixa. Estará presente em televisão, digital e publicidade exterior, de 15 de abril até ao final de junho, sob o mote “20 anos juntos. E ainda há muito por fazer”

A Ikea anunciava a chegada a Portugal em 2004, com a abertura da primeira loja no país, em Alfragide. Agora, a Ikea celebra os 20 anos em Portugal, com uma campanha multimeios criada pela Uzina, que decorre de 15 de abril até ao final de junho, sob o mote “20 anos juntos. E ainda há muito por fazer”. A campanha abrange várias ações externas e internas, de norte a sul do país, relacionadas com os principais marcos entre Portugal e a marca sueca.

A campanha publicitária, que estará presente em televisão, digital e publicidade exterior, pretende mostrar como a Ikea tem contribuído para uma vida melhor em casa, mantendo-se ao lado das famílias portuguesas nas diferentes fases da sua vida, com produtos e soluções de mobiliário e decoração, a preços acessíveis. Além da criatividade da Uzina, a campanha conta com a produção da Proud e a realização de Martim Condeixa.

Em destaque na campanha estarão os artigos mais vendidos da marca ou os que tiveram um investimento para redução de preço nesta campanha, adianta a Ikea em comunicado de imprensa.

“2004 foi o início de uma história de amor. A Ikea entrou em nossa casa, e ajudou-nos a fazer dela um espaço onde podemos viver melhor o nosso dia a dia, com soluções flexíveis e funcionais, a preços mais acessíveis. Esta campanha pretende recordar essa história, celebrar o que aconteceu nas nossas vidas ao longo destes anos, e como as nossas casas e a Ikea fizeram parte desses momentos, sabendo que haverá sempre coisas por fazer e por isso, muitas oportunidades”, explica Mónica Sousa, diretora de marketing da Ikea Portugal.

A campanha terá dois momentos: uma fase de notoriedade de marca, que começa agora, e, no próximo mês, uma segunda fase, que promove o envolvimento direto com os consumidores, desafiando-os a descobrir há quanto tempo a Ikea faz parte das suas vidas.

Os filmes publicitários da campanha, Jantar Romântico e A Primeira Vez, já estão no ar.

Sobre o autorMeios & Publicidade

Meios & Publicidade

Mais artigos
Marketing

Carlos Verduras nomeado novo diretor de marketing da Michelin Portugal e Espanha

O profissional, que conta cerca de 15 anos de experiência no setor dos pneus e é membro do comité de direção da Michelin IB, vai ter a responsabilidade de fortalecer a imagem do grupo na região ibérica. Carlos Verduras iniciou o percurso profissional no marketing na Microsoft, desenvolvendo a sua carreira nas áreas comerciais, operacionais e de marketing

Carlos Verduras é o novo diretor de marketing da Michelin para Portugal e Espanha. O profissional, que conta cerca de 15 anos de experiência no setor dos pneus e é membro do comité de direção da Michelin IB, vai ter a responsabilidade de fortalecer a imagem do grupo na região ibérica.

Licenciado em administração e direção de empresas pela Universidad Autónoma de Madrid, Carlos Verduras iniciou o percurso profissional no marketing na Microsoft, desenvolvendo a sua carreira nas áreas comerciais, operacionais e de marketing, em relação direta com clientes e gerindo equipas. Em 2010 integrou a Euromaster, empresa do grupo Michelin em que ocupou diversos cargos. Mais recentemente exerceu funções como diretor de marketing e comunicação da Euromaster para Portugal e Espanha.

“É uma honra, e um verdadeiro desafio, passar a fazer parte da Michelin, marca de referência a nível mundial, e líder indiscutível no mercado ibérico. Temos muitos e grandes desafios pela frente, como continuar a liderar a mudança do sector mediante a nossa estratégia centrada na qualidade dos nossos produtos e na sustentabilidade, num mercado em que o foco no cliente, e na sua satisfação, assumem maior relevância do que nunca”, afirma Carlos Verduras em comunicado.

Sobre o autorMeios & Publicidade

Meios & Publicidade

Mais artigos
Publicidade

Acne assina campanha da CIN que promove as duas áreas responsáveis por 40% da faturação global da empresa (com vídeos)

Divulgada na imprensa escrita, no Expresso e na Visão, a campanha, com planeamento da Mindshare, está também a ser veículada nas edições digitais das publicações da Medialivre, no Público e no Observador, além das redes sociais e do canal de YouTube da marca

Com criatividade da Acne, produção da Deloitte Digital e planeamento de meios da Mindshare, a nova campanha publicitária multimeios da CIN dá a conhecer as gamas de tintas industriais e de proteção anti-corrosiva. Estas duas áreas de performance coating da empresa centenária são responsáveis por 40% da faturação global da companhia, que é o 10º maior fabricante europeu de tintas, segundo a publicação European Coatings Journal.

Divulgada na imprensa escrita, no Expresso e na Visão, a campanha está também presente nas edições digitais das publicações da Medialivre, no Público e no Observador, além das redes sociais e do canal de YouTube da marca, avança a CIN ao Meios&Publicidade. O objetivo é mostrar que a CIN é responsável por decorar e proteger comboios, gruas, bicicletas, túneis, viadutos, pavimentos e até mesmo frascos de cosmética. “É esta dimensão, capacidade de resposta e diversidade que queremos dar a conhecer aos portugueses através da campanha que explica que a CIN também está presente em muito do que nos rodeia”, refere Liliana Leis Soares, diretora-adjunta de marketing da CIN, empresa que fechou 2022 com um volume de negócios consolidado de €389 milhões.

“Nesta nova campanha de posicionamento, damos a conhecer as soluções de alto desempenho que pintam o dia a dia dos portugueses e que vão muito para além do que se imagina. Se vir um anúncio de pistas de esqui, torres eólicas, helicópteros ou barcos, não estranhe, é da CIN”, esclarece a marca em comunicado de imprensa. A nova campanha da antiga Companhia Industrial do Norte, que adotou a designação CIN em 1917, reforça a existência destes dois segmentos e explica aos consumidores a variedade de suportes que utilizam os produtos que desenvolve e comercializa.

“A nossa marca é conhecida por pintar as paredes lá de casa, mas nem todos sabem a amplitude das áreas de atuação da CIN. A verdade é que desenvolvemos um conjunto vasto de soluções inovadoras e de alto desempenho para inúmeros projetos em todo o mundo”, esclarece a diretora-adjunta de marketing da CIN.

 

Sobre o autorLuis Batista Gonçalves

Luis Batista Gonçalves

Mais artigos
Media

Renascença antecipa Rock in Rio Lisboa com lançamento de rádio temática

Para além de dedicar espaço em antena à promoção do festival, que se realiza nos dias 15, 16, 22 e 23 de junho, o Grupo Renascença Multimédia lançou uma rádio digital que só passa música de artistas que já atuaram no evento

Renascença Rock in Rio é o nome da rádio digital dedicada ao festival que o Grupo Renascença Multimédia acaba de lançar no âmbito da parceria estratégia que tem com os promotores do evento. A criação do novo canal insere-se nas comemorações das duas décadas do festival na capital portuguesa. “São horas e horas de muita música com as bandas e os artistas que nos últimos 20 anos fizeram a história do Rock in Rio Lisboa e construíram parte da memória musical de Portugal”, informa a empresa em comunicado.

A Renascença vai também dedicar espaço em antena à promoção do festival ao longo dos próximos meses. “A celebração dos 20 anos do Rock In Rio Lisboa marca também presença no on air da estação. No programa As Três da Manhã, Ana Galvão, Inês Lopes Gonçalves e Joana Marques vão recordar todas as histórias e emoções dos últimos 20 anos do festival. Acontece à terça-feira feira, às 9h15, com a rúbrica Não Sabia”, refere o documento.

“No programa T3, das 17h às 20h30, no decorrer desta semana, Renato Duarte, Filipa Galrão e Daniel Leitão vão perguntar as horas e o minuto certo em que tocou um artista Rock in Rio. Quem souber só tem de ligar e ganhar bilhetes para os vários dias do Rock in Rio Lisboa 2024”, informa ainda o Grupo Renascença Multimédia. A 10ª edição do Rock in Rio Lisboa realiza-se nos dias 15, 16, 22 e 23 de junho de 2024 no Parque Tejo. A Renascença é novamente a rádio oficial do festival, que conta com a atuação de Ed Sheeran, Doja Cat e Scorpions.

Sobre o autorLuis Batista Gonçalves

Luis Batista Gonçalves

Mais artigos
PUB
PUB
PUB
PUB
PUB
PUB
PUB
PUB

Navegue

Sobre nós

Grupo Workmedia

Mantenha-se informado

©2024 Meios & Publicidade. Todos os direitos reservados.