TikTok estabelece parceria com Polígrafo para combater desinformação

Por a 12 de Fevereiro de 2024

O TikTok está a desenvolver esforços para proteger a integridade noticiosa e combater a desinformação durante a campanha eleitoral para as eleições legislativas de 10 de março.

Para o garantir, a empresa estabeleceu com uma parceria com o Polígrafo, no âmbito de uma estratégia que também se estende a uma equipa com mais de 6.000 pessoas dedicadas à moderação de conteúdos nas línguas da UE.

Além de assegurar à sua comunidade de seguidores o acesso a informações confiáveis e fidedignas, a plataforma disponibiliza um guia de pesquisa onde os utilizadores podem aceder a recursos em português relacionados com conteúdo eleitoral. A empresa esclarece também, em comunicado, que aplica rigorosamente as suas regras, orientadas pelas diretrizes da comunidade, contra desinformação, violência e discurso de ódio, removendo informações falsas sobre os processos eleitorais e promovendo a civilidade na plataforma.

A parceria com o Polígrafo, um projeto editorial de verificação de factos, para remover de forma precisa a desinformação sobre as eleições, é um das medidas implementadas nesse âmbito. Enquanto o conteúdo identificado como suspeito está a ser verificado ou quando não pode ser comprovado de imediato através da verificação de factos, os utilizadores são informados para reconsiderarem antes de partilharem potenciais informações enganosas.

Segundo a plataforma, para promover um ambiente que una as pessoas através de conteúdo criativo e divertido, a rede social tem de restringir a promoção paga de conteúdo político. Esta medida inclui a proibição de publicidade política paga, angariação de fundos por políticos e partidos políticos e limitações nas funcionalidades de contas políticas nesta rede social.

“Assumimos a responsabilidade de proteger a integridade da nossa plataforma, em especial no que diz respeito às eleições, com a maior seriedade. Orgulhamo-nos de ser uma plataforma que une as pessoas através de conteúdos criativos e divertidos e trabalhamos arduamente para manter a desinformação prejudicial e outras violações das nossas políticas, fora da nossa plataforma”, refere ainda a nota de imprensa.

Deixe aqui o seu comentário