Web Summit 2023 atrai 70 mil a Lisboa. 43% dos participantes são mulheres

Por a 14 de Novembro de 2023

Até esta quinta-feira, a edição deste ano da Web Summit, que arrancou ontem na Altice Arena e na Feira Internacional de Lisboa (FIL), atrai à capital portuguesa 70.236 participantes oriundos de 153 países, que estarão a ocupar 85% da capacidade hoteleira da cidade. Segundo a organização, 43% são mulheres. A percentagem de oradoras femininas também subiu, atingindo os 38%. Das 2.608 startups originárias de 93 países presentes, um recorde, quase um terço foram fundadas por mulheres.

Apesar da ausência da Amazon, Siemens, Alphabet, Meta e Intel, a iniciativa conta ainda com a participação de 321 expositores. Além das 1.180 reuniões com potenciais investidores marcadas, foram também agendadas 70 masterclasses e 17 rondas de competição e organizados 25 eventos recreativos e festas, a maioria em pontos estratégicos da capital.

“Ao longo da última década, à medida que temos crescido, temos conseguido reunir dezenas de milhares de pessoas que utilizaram a semana que passaram em Lisboa como um trampolim para fazerem coisas notáveis, nomeadamente lançar empresas, encontrar investidores, revelar projetos e/ou avançar uma visão do mundo que vale a pena debater”, sublinhou Katherine Maher, a nova CEO da Web Summit, no discurso da sessão de abertura.

Além de 321 parceiros, 32 delegações comerciais e 37 parceiros comunitários, a edição deste ano daquele que é o o maior evento de inovação e empreendedorismo europeu, conta ainda com 906 investidores de 52 países, 2.129 órgãos de comunicação social e 806 oradores. Nesta edição da Web Summit, que tem uma parceria com a Delta Cafés deste 2016, vai também ser servido o milionésimo café. A organização estima ainda que serão servidas mais de 100.000 refeições no decorrer da conferência.

Deixe aqui o seu comentário