Musa assinala Dia Nacional para a Igualdade Salarial com Unhappy Hour e nova cerveja

Por a 14 de Novembro de 2023

A Cerveja Muda uniu esforços com a shesaid.so e a Comon assinalar o Dia Nacional para a Igualdade Salarial, que se comemora a 14 de novembro,  com a campanha “Unhappy Hour”, que visa consciencializar para o tema da desigualdade de género nas remunerações em Portugal.
Assim, de 14 a 18 de novembro nos bares Musa, e durante o mês de novembro no site da marca, as cervejas Musa com nome de mulher – Blondie Ale, Saison O’Connor e IPAtti Smith – são vendidas com um aumento de 13,1% nos preços, o que corresponde ao valor de gap salarial atual em Portugal. De acordo com os dados do Gabinete de Estratégia e Planeamento (GEP) do Ministério do Trabalho, Solidariedade e Segurança Social (MTSSS), apesar de todos os avanços já efetuados em termos de legislação e consciência social, em Portugal, a diferença salarial entre homens e mulheres é ainda de 13,1%.

Os valores excedentes vão ser doados à shesaid.so (rede global de mulheres, pessoas não-conformes de género e aliados que trabalham na indústria da música), que vai atribuir workshops de DJ e Produção, bem como mentorias, a seis mulheres.No dia 18 de novembro, a campanha culmina com o evento “Unhappy Hour”, na Musa de Marvila, com DJ sets inspirados nesta causa, das 13h00 às 03h00, e que recebe uma roda de conversa moderada por Inês Lopes Gonçalves e com a participação de artistas, DJs, jornalistas e programadores. Estão confirmadas as presenças de Andreia Luísa (copywriter, Bikini Pill), Baque Mulher (grupo feminino de maracatu), Gonçalo Castro (digital marketing manager, RTP), Gonçalo Riscado (diretor @ CTL – Musicbox | MIL | Casa do Capitão), Eva Rap Diva (rapper, empresária), Mariana Moore Matos (SHESAID.SO, Music Wherever She Goes), Mariana Duarte Silva (SHESAID.SO, Village Underground, Skoola), Ondina Pires (performer, escritora e ex-música dos Pop Dell’Arte e The Great Lesbian Show), Paula Miranda por parte da MUTIM – Mulheres Trabalhadoras das Imagens em Movimento, Rezmorah (performer) e Selma Uamusse (cantora).

André de Carvalho, CEO da MUSA, garante que a equipa está, desde sempre, comprometida com a construção de “um projeto sólido, assente em valores de equidade, inclusividade e diversidade. Das cervejas que criamos à programação e ambiente dos nossos espaços, não esquecendo, claro, a valorização justa de cada membro da nossa equipa, somos todos Musas, sem distinção de género. A nossa convicção e ação são claras: ‘Em cada rosto, igualdade’ – o que sabemos fortalecer a nossa empresa. Pelo que continuaremos a promover e a levar a cabo práticas que contribuam para um futuro onde a igualdade, mais do que uma aspiração, é uma realidade tangível.”

A Musa aproveitou as celebrações para lançar uma nova cerveja – IPAtti Smith – uma Cold IPA criada para a ocasião, com rótulo assinado pela artista, ilustradora e mestre em estudos feministas Joana Pereira aka D’Uma Ova.

Deixe aqui o seu comentário