MEO aloca 80% do budget natalício a projeto intergeracional (com vídeos)

Por a 28 de Novembro de 2023

“Dá espaço à partilha” é a nova campanha publicitária natalícia da MEO. Idealizada pela Dentsu Creative Portugal, com copywriting de Cristina Amorim, direção criativa executiva de Ivo Purvis e direção de arte de Orlando Gonçalves, foi materializada pela produtora Ministério dos Filmes, com produção executiva de Alberto Rodrigues, realização de Marco Martins, direção de fotografia de Georgina Ferrer e pós-produção vídeo da Glimpse, para promover Partilha Casa, uma iniciativa nacional intergeracional.

Assente numa plataforma digital agregadora, online a partir desta terça-feira, o projeto pretende juntar idosos e estudantes universitários que, indo estudar para longe de casa, ficam alojados em quartos disponibilizados pelos interessados, com as associações envolvidas a agilizar os contactos e a monitorizarem as estadias. “É um projeto arrojado e audaz, mas este movimento que estamos aqui a iniciar pode ter um grande impacto social”, acredita Ana Figueiredo, presidente executiva da Altice Portugal.

“Portugal é o quarto país do mundo com mais pessoas acima dos 65 anos, o preço dos imóveis aumentou 25% e o arrendamento também subiu. Esta é a realidade de alguns, mas é um problema que nos afeta a todos. Ao abraçar esta causa, pretendemos fazer aquilo que melhor fazemos, que é ligar as pessoas através da tecnologia. Não queremos ser os protagonistas, queremos ser os mobilizadores desta iniciativa, associando a nossa marca a esta causa”, esclareceu na apresentação desta manhã.

Além da MEO, a iniciativa, que os promotores pretendem ver alargada a todo o país, envolve as câmaras municipais de Lisboa, Porto e Coimbra, uma startup e duas entidades de utilidade pública. Para a dar a conhecer, a empresa alocou 80% do orçamento em marketing e comunicação de que dispõe para a quadra natalícia à campanha multimeios que arranca hoje e que se prolonga até ao final de dezembro. “Estamos a falar de alguns milhões de euros”, sublinha João Epifânio, CMO da Altice Portugal.

“É uma causa maior que justifica um esforço maior”, admitiu, em declarações ao Meios & Publicidade. “Obrigou-nos a rever a nossa estratégia de comunicação para as nossas lojas, onde dispomos de uma rede de painéis digitais. As pessoas deslocam-se muito aos centros comerciais nesta altura do ano e temos de promover este projeto onde as pessoas estão. O nosso objetivo é envolver todos os portugueses”, assume o responsável, que revela que, este ano, o investimento natalício “é muito idêntico ao de 2022”.

Partilha Casa, que começa a ser promovido na televisão “nos próximos dias”, é a materialização da assinatura da MEO, “Humaniza-te”, adotada há cinco anos. “Quando a mudámos, dizia pouco às pessoas, mas, neste período, já abraçámos várias causas, da violência doméstica ao desperdício, passando pelo alerta para as condições desumanas da construção dos estádios no Catar para o mundial de 2022”, sublinha João Epifânio. Além dos parceiros, esta iniciativa mobilizou 150 colaboradores da MEO.

Deixe aqui o seu comentário