Empresas lusas vão faturar mais de mil milhões de euros com a Black Friday

Por a 14 de Novembro de 2023

Os portugueses perderam poder de compra, mas pretendem rentabilizar o (pouco) dinheiro que têm aproveitando as (muitas) promoções da Black Friday disponíveis online. De acordo com a Eupago, empresa especializada em tecnologia financeira, as empresas de comércio eletrónico deverão faturar mais de mil milhões de euros em território nacional este ano.

“Historicamente, o mês da Black Friday tem sido um período de destaque no e-commerce, com um aumento significativo nas vendas, em relação aos meses anteriores”, justifica Telmo Santos, fundador e co-chief executive officer (CEO) da Eupago. Segundo a fintech, o volume de faturação nos meses de novembro, durante a Black Friday, em anos anteriores, tem sido 40% superior ao dos de outubro, um crescimento que atesta o impacto desta iniciativa.

A evolução é, na ótica da companhia, “um reflexo da adesão crescente dos consumidores às compras online e, por conseguinte, da confiança depositada em formas de pagamento digitais”. “O único fator condicionante desta previsão sobre as vendas na Black Friday é que o mercado pode oscilar de acordo com a inflação. Se, por um lado, haverá menos dinheiro disponível, por outro os consumidores vão aproveitar períodos promocionais como este para realizarem algumas compras”, estima.

“À medida que o comércio eletrónico continua a ganhar força, esperamos que esta Black Friday seja mais um marco importante, com vendas online a ultrapassar a marca de mil milhões de euros. Na Eupago, continuaremos a apoiar o comércio português com soluções de pagamento seguras e inovadoras que transmitam segurança e confiança aos consumidores portugueses e que ajudem a manter esta tendência de crescimento muito positiva para o setor”, acrescenta ainda Telmo Santos.

Deixe aqui o seu comentário