Desigualdades de género no cinema e no audiovisual vão ser debatidas em fórum

Por a 21 de Novembro de 2023

A Mulheres Trabalhadoras das Imagens em Movimento (MUTIM) promove, entre quarta-feira e sexta-feira, no Goethe-Institut Lisboa, o seu primeiro fórum. “O objetivo é abordar e debater a desigualdade de género no setor do cinema e audiovisual em Portugal, nos mais variados cargos à frente e atrás das câmaras, envolvendo profissionais, académicas e líderes da indústria, com vista a uma real transformação da área”, explica a organização.

O evento será também aproveitado para apresentar as conclusões do estudo “A condição da mulher nos sectores do cinema e do audiovisual em Portugal”, “o primeiro e único estudo desenvolvido em território nacional sobre as profissionais da área e as narrativas de representação da mulher nos media dominantes”, refere a MUTIM em comunicado de imprensa.

Iniciada em novembro de 2022, a pesquisa foi realizada pelo Centro de Estudos de Comunicação e Cultura da Universidade Católica Portuguesa e coordenado pela professora Catarina Duff Burnay. “Os dados incidem sobretudo na análise das diferenças salariais, onde se revela uma maior proporção de homens face a mulheres a beneficiar de salários mais elevados e um número muito mais elevado de mulheres nos escalões remuneratórios mais baixos”, antecipa a associação feminina.

“Outros dados indiciam haver discriminação de género e assédio em contexto de trabalho, assim como um enorme desequilíbrio no apoio à produção, com as mulheres a representarem uma esmagadora minoria dos projetos a receber financiamento. É também notória a falta de representatividade nos conselhos de administração e outros órgãos de gestão dos grupos de media audiovisuais portugueses, assim como nas direções de organismos públicos do setor”, aponta.

Promovido pela MUTIM em parceria com a XX Element Project, o estudo tem o apoio do Instituto do Cinema e Audiovisual, da Associação de Produtores Independentes de Televisão (APIT) e da Netflix, “que se associou a esta iniciativa desde o início”, refere a organização. O primeiro dia encerra com o lançamento oficial do diretório de profissionais mulheres do cinema e audiovisual, um registo que estará disponível publicamente no site oficial da MUTIM.

Deixe aqui o seu comentário