Comunidade BookTok é das que mais cresce no TikTok em Portugal

Por a 29 de Novembro de 2023

A maioria dos portugueses adquiriu livros no último ano, revela um estudo divulgado no final de agosto. Em 2022, o mercado livreiro valorizou 16,2% face a 2021. Nas redes sociais, o interesse nacional pela leitura também é grande. “Este ano, a comunidade BookTok em Portugal registou um crescimento notável, particularmente sob a hashtag #BookTokPortugal, que acumulou mais de 140 milhões de visualizações”, revela o TikTok, que esta terça-feira promoveu o evento Discover TikTok Portugal em Lisboa.

“Entre os diversos criadores que prosperam neste espaço está Beatriz Rosa, conhecida como @rosasininho, que se foca na literatura LGBTQ+ e rapidamente se tornou uma figura de relevo, tanto na comunidade BookTok, como na comunidade LGBTQ+”, esclarece a empresa em comunicado.

“Também a comunidade de makeup/lifestyle é uma das mais icónicas na plataforma, com diversos criadores portugueses a destacarem-se globalmente”, refere o documento. “Com mais de 3,3 milhões de pessoas a utilizar de plataforma em Portugal todos os meses [segundo dados internos da rede social], trata-se de um mundo vibrante onde a inspiração e a criatividade podem prosperar sem barreiras e as oportunidades de negócios são ilimitadas”, refere a plataforma.

“O TikTok tornou-se um verdadeiro palco global para talentos inexplorados. Aqui, uma marca ou criador local podem facilmente destacar-se globalmente pela sua autenticidade e criatividade. É uma ferramenta poderosa para disseminar a cultura portuguesa para o mundo que abrange todos os setores”, sublinha a companhia.

Reforço da segurança na plataforma no topo das prioridades globais

Em Portugal, é uma das redes sociais que mais cresce e uma das plataformas que, pelos números que alguns utilizadores nacionais têm conseguido, maior interesse tem despertado nas marcas. “O TikTok mudou a forma como os conteúdos são criados, descobertos e consumidos na era digital. O seu sistema de recomendação único e a abordagem de conteúdos gerados pela comunidade permitem descobrir um leque diversificado de criadores, independentemente da sua localização geográfica e antecedentes”, afirma o comunicado.

“Com os conteúdos a deixarem de ser unidirecionais, todos têm espaço para partilhar o seu interesse ou envolver-se com um interesse em comum através do seu ponto de vista (POV) único, o que conduziu a uma comunidade democrática e diversificada, que é hoje a força vital do TikTok”, orgulham-se os criadores da plataforma, ativa desde 2016.

“A diversidade e pluralidade de parceiros que abraçaram a plataforma, de diferentes setores como o desporto e o entretenimento, permitiu ao TikTok representar cada vez mais as nuances típicas de Portugal. Foi com grande orgulho que o TikTok acolhemos contas como a da Volta a Portugal em Bicicleta, a do Festival da Canção ou a da Federação Portuguesa de Futebol”, regozija-se a empresa, que está a investir “fortemente na segurança da plataforma, com mais de 40.000 pessoas dedicadas a trabalhar para a garantir globalmente”.

Deixe aqui o seu comentário