Audiências TV: Canais FTA mantêm tendência de crescimento e voltam a registar aumento de share em outubro

Por a 2 de Novembro de 2023

A análise de audiências de TV da agência de meios Initiative, que integra o grupo Mediabrands, revela que em outubro, o consumo televisivo em Portugal, em termos de audiência média aumentou +2.6% face ao mês de setembro. A estreia de novos programas como “Hell’s Kitchen Famosos” e “Morangos com Açúcar”, a transmissão da XXVIII Gala dos Globos de Ouro e do casamento real da infanta Maria Francisca de Bragança geraram grande interesse nos portugueses, o que ajuda a explicar este crescimento do consumo da televisão durante o mês de outubro.

Os “Outros” (visionamento de canais não auditados e outras utilizações da TV como streaming e consolas) foi a única tipologia que verificou uma diminuição da sua audiência média, -3.6% face ao mês de setembro. Devido a estreia de novos programas, todos os canais FTA verificaram um aumento do share face ao mês anterior.

A SIC mantem-se como a estação líder de audiências com um share de 14.9% (+0.3p.p. face a setembro). Segue-se a TVI, que registou um share de 14.6% (+0.4p.p. vs. setembro) e a RTP1, que, com um share de 10.8% (+0.6p.p.), foi o canal FTA que registou o maior aumento face a setembro. Este crescimento deveu-se sobretudo pela transmissão dos jogos da Seleção Nacional para o apuramento do Euro 2024 e da transmissão dos jogos da Taça de Portugal Placard, Vilar de Perdizes x Porto e Olivais e Moscavide x Sporting.

Apesar da diminuição do share do PAY TV, destaca-se o crescimento do share da CNN Portugal (+0.4p.p. vs. setembro) e da SIC Notícias (+0.3p.p. vs. setembro). O regresso do conflito entre Israel e a Palestina teve impacto nas audiências dos canais de informação. Nos canais FTA, a estreia dos programas “Hell’s Kitchen Famosos” e da nova temporada de “Morangos com Açúcar” teve impacto nas audiências dos canais.

Para além das estreias, a transmissão da Gala dos Globos de Ouro, o casamento real da infanta Maria Francisca de Bragança e a transmissão dos jogos da Taça de Portugal Placard na RTP1 também contribuíram para o crescimento dos canais FTA durante o mês de outubro.

Os jogos da Seleção Nacional de apuramento para o Euro 2024 (Portugal x Eslováquia e Bósnia x Portugal), transmitidos pela RTP1, voltaram a ser o programa mais visto do mês, alcançando uma audiência média de 2 milhões e 93 mil telespetadores, que representou um share de 42.0%.

Na 2ª posição surgem os jogos do Benfica a contar para a Liga dos Campeões (Inter de Milão x Benfica e Benfica x Real Sociedad), transmitidos pela TVI, que contaram com uma audiência média de 1 milhão e 795 mil telespetadores, atingindo um share de 35.7%. A completar o top3 dos programas mais vistos do mês, surge a XXVIII Gala dos Globos de Ouro, com uma audiência média de 1 milhão e 109 mil telespetadores, que representou um share de 25.5%.

Destaque para a presença do Casamento Real da Infanta Maria Francisca de Bragança na 10ª posição, transmitido pela TVI, no dia 7 de outubro, tendo verificado uma audiência média de 857 mil telespetadores, representando um share de 26.8%, tendo sido o programa mais visto deste dia. No que toca às audiências por período horário, a RTP1 liderou apenas as manhãs (7h30-12h30) com um share de 13.6%.

A TVI conquistou a liderança durante o período da tarde (14h30-18h30), no 2ª Prime-Time (22h30-24h00) e no late-night (00h-02h30) com um share de 13.4%, 17.1% e 15.1%, respetivamente. O período do almoço (12h30-14h30) e do 1º Prime-time (20h00-22h30) foram liderados pela SIC, com share de 21.2% e 16.8%, respetivamente. A SIC garantiu ainda a vitória no Pré-Prime (18h30-20h00), com um share de 15.3%, mais 1.1 p.p relativamente à TVI.

Fonte: Initiative

Deixe aqui o seu comentário