Já é no Instagram que a maioria procura informações sobre marcas e empresas

Por a 18 de Outubro de 2023

Ao contrário do que acontecia até aqui, já não é ao Facebook que a maioria recorre para procurar informações sobre marcas e empresas. De acordo com a última edição de “Os portugueses e as redes sociais 2023”, estudo que a Marktest realiza desde 2011, agora é o Instagram que os utilizadores preferem.

A plataforma digital que privilegia a fotografia, os carrocéis de imagens, o vídeo e os reels foi referida por 66,5% dos seguidores de marcas.

“O Facebook, que ocupa agora a segunda posição, com 63,5%, mantém-se a rede principal junto dos indivíduos entre os 35 e os 64 anos”, sublinha, no entanto, a empresa de estudos de mercado portuguesa, fundada em 1980.

A maioria dos portugueses que usa redes sociais tem o hábito de seguir insígnias e organizações comerciais nas plataformas digitais. “O nosso estudo conclui que, em termos médios, os que seguem este tipo de páginas refere seguir 15 entidades, entre empresas, instituições, marcas e grupos de interesse. No que respeita ao tipo de páginas seguidas, o setor da restauração e culinária recolhe a maioria das preferências, com 47% de referências”, revela a análise.

“Nas posições seguintes, surgem áreas como a moda, o desporto, tecnologia e media”, informa a Marktest em comunicado. “O interesse por este tipo de páginas fica também evidente pelo facto de quase 43% dos seguidores de marcas nas redes sociais assumir que consulta pelo menos uma vez por dia essas páginas para acompanhar novidades. E, entre os conteúdos que mais gostam de ver nas páginas das marcas nas redes sociais, 67,2% refere ofertas ou promoções”, refere ainda o documento.

“A marca mais referida, entre as que os utilizadores de redes sociais dizem seguir, é o Continente, indicada por 9,6% dos inquiridos. O top 3 fica completo com o Pingo Doce e o universo SIC”, informa a empresa. Além do canal de televisão generalista da Impresa, também há muitos utilizadores a seguir e a pesquisar os perfis da SIC Notícias, SIC Mulher, SIC Radical, SIC Caras, SIC K, SIC Esperança e SIC Internacional.

Deixe aqui o seu comentário