Global deixa cair Press e antecipa “valores históricos” de faturação

Por a 4 de Outubro de 2022

A palavra Press desapareceu da denominação da Global, como forma de evidenciar ao mercado que a agência tem serviços além dos da assessoria de imprensa e relações públicas. A consultora apresenta-se agora ao mercado como Global. (com um ponto final) e com cinco serviços: Global.Press, Global.Strategy, Global.Influence, Global.Digital, Global.Events e Global.Creativity.

A nova marca foi desenvolvida pelo Bá Studio, de Luís Royal e Rui Catalão.

“A arquitetura muda no sentido em que passamos a ter uma marca umbrella, a Global., que reúne todos os serviços enquanto submarcas – Global. Press, Global. Influence, Global. Digital, Global. Strategy, Global. Events e Global. Creativity. O termo Press cai e passa a ser uma área de negócio, pois há muito que deixámos de estar focados apenas na área media relations. Somos Press, mas também somos digital, influence, events, strategy e creativity.”, contextualiza ao M&P Isabel Jorge de Carvalho, CEO e cofundadora da agência.

De acordo com Isabel Jorge de Carvalho, a faturação da agência cresceu 57 por cento em 2021, face ao ano anterior, estando previsto um aumento de mais 20 por cento em 2022, conduzindo a “valores históricos que resultam de uma ampla estratégia de reestruturação da empresa”, aponta a CEO da Global. “Temos um crescimento sustentado e apoiado na diversificação de serviços e nas áreas
de especialização. Em 2022 conquistámos novas contas de continuidade na área Press como a Dior Beauty, Isto., Bairro Alto Hotel, Padaria Portuguesa, Mexto, Domes Lake Resort, Strategys e Pendular. Na área de eventos destacamos também o recente Max Mara – Resort 2023 Fashion Show e na área de influence marketing os About You Awards. Para o último trimestre temos ainda novas entradas e projetos acontecer”, antecipa.

Isabel Jorge de Carvalho explica o reposicionamento da Global. na próxima edição do M&P 

Deixe aqui o seu comentário