Iniciativa Liberal propõe a eliminação da contribuição para o audiovisual

Por a 15 de Setembro de 2022

A Iniciativa Liberal propõe a eliminação da contribuição para o audiovisual (CAV) para reduzir o valor final da fatura da eletricidade. Em declarações à agência Lusa a propósito do projeto de lei que deu entrada no Parlamento, o deputado da IL Bernardo Blanco refere que esta é uma medida que o partido já propôs no passado, mas na qual volta agora a insistir por ser “urgente face ao contexto da subida dos preços da energia”.

“O senhor ministro Duarte Cordeiro disse que cada euro poupado é um euro poupado. Seguindo esta lógica nós propomos agora eliminar a contribuição para o audiovisual que financia a RTP, que são cerca de três euros por mês na fatura das pessoas”. Esta medida, segundo Bernardo Blanco, já foi tomada no verão em França, “onde a contribuição é maior”

O projeto de lei da IL propõe que se avance com “um novo modelo de financiamento do serviço público de radiodifusão e de televisão, eliminando a contribuição para o audiovisual”. O valor da CAV, que consta na fatura de eletricidade, é de 2,85 euros.

Deixe aqui o seu comentário