Que liderou as audiências no online em julho?

Por a 12 de Agosto de 2022

Não houve mudanças no pódio do NetAudience entre junho e julho. Os dados do último mês indicam que a TVI continua a ser o meio com maior alcance digital, chegando às 3,6 milhões de pessoas. Segue-se o Correio da Manhã com um alcance de 3,3 milhões de pessoas e a SIC com 3,12 milhões. De notar que apenas nove mil pessoas separaram em julho a estação da Impresa do Jornal de Notícias, que foi acedido por 3,11 milhões de pessoas. A fechar o top 5 encontra-se o Expresso que totaliza 2,6 milhões de pessoas.

A NiT e Flash disputaram o sexto lugar do ranking por curta margem, com o NiT a levar vantagem ao conquistar 2,48 milhões de pessoas contra os 2,46 milhões da revista digital da Cofina.

No segmento dos títulos generalistas, o Diário de Notícias chegou à nona posição com 1,9 milhões de pessoas. Entre as rádios, a TSF, regressada ao ranking da Marktest em janeiro, mantém o título de estação com maior alcance digita, com 1,3 milhões de pessoas. A RFM está com um milhão de pessoas, enquanto a Comercial ultrapassou a Renascença no último mês (655 mil pessoas contra 589 mil). No segmento das televisões, a RTP ocupa o 15º posto do ranking NetAudience com 1,2 milhões de pessoas. Entre os desportivos, o online de O Jogo (1,56 milhões) levou a melhor contra o Record (1,48 milhões).

O estudo de julho dá conta da entrada da rede Bauer Media Audio Portugal, para onde transitam Rádio Comercial, M80, Cidade e Smooth FM, anteriormente pertencentes Media Capital. A Bauer Media Audio obteve um alcance de 727 mil pessoas, enquanto a concorrente Renascença Multimedia registou 1,4 milhões. A liderança do mês passado ficou nas mãos do grupo Global Media (4,35 milhões de pessoas), seguido pelos meios da Cofina (4,196 milhões) e pela Media Capital (4,191 milhões). A Impresa registou um alcance de 3,9 milhões de pessoas.

Deixe aqui o seu comentário