NetAudience: TVI mantém liderança no digital

Por a 20 de Junho de 2022

O estatuto de meio de comunicação social com maior alcance digital em Portugal voltou a pertencer, pelo terceiro mês consecutivo, à TVI, que atingiu em maio um reach multiplataforma na ordem dos 3 milhões e 456 mil pessoas. A estação de Queluz vê o seu alcance digital subir face aos 3 milhões e 317 mil pessoas registados no mês anterior, segundo dados do NetAudience, cujos dados relativos ao mês de maio dão conta da subida do Correio da Manhã à segunda posição, com um reach multiplataforma de 3 milhões e 295 mil pessoas que compara com os 3 milhões e 133 mil pessoas alcançadas no digital em abril, mês em que ocupou a terceira posição, atrás da SIC. A estação de Paço de Arcos, que chegou a liderar o ranking da Marktest em fevereiro e ocupou o segundo posto nos últimos dois meses, deixa mesmo o top 3, encerrado no mês de maio pelo Jornal de Notícias.

Após ter ficado abaixo da fasquia dos 3 milhões em abril, com um reach multiplataforma próximo dos 2 milhões e 933 mil pessoas, o título do Global Media Group alcançou em maio cerca de 3 milhões e 130 mil pessoas, subindo à terceira posição. Já a SIC vê o seu um reach recuar dos 3 milhões e 179 mil pessoas para os 3 milhões e 104 mil pessoas, fechando as contas de maio na quarta posição. A encerrar o top 5, tal como no mês anterior, surge a Flash. O título de sociedade da Cofina, que apresentava em abril um reach multiplataforma na ordem dos 2,47 milhões de pessoas, volta a crescer, registando no último mês cerca de 2,57 milhões de pessoas alcançadas. O Expresso, que sobe da sétima à sexta posição, segue muito próximo, com um reach digital de 2,53 milhões de pessoas, subindo relativamente aos 2,44 milhões de pessoas alcançadas em abril.

No segmento económico, a liderança permanece com o Jornal de Negócios, embora o título da Cofina volte a recuar ligeiramente, passando de 1,08 milhões em abril para 1,04 milhões de pessoas alcançadas em maio. Segue-se o Dinheiro Vivo, que sobe das cerca de 680 mil pessoas alcançadas em abril para 869 mil pessoas no último mês, mantendo-se à frente do Jornal Económico, que regista também um aumento do reach das 273 mil pessoas no mês anterior para perto de 563 mil pessoas em maio. Entre os títulos desportivos, a liderança fica também do lado da Cofina. O Record permanece na dianteira apesar de um recuo ligeiro, dos 1,55 milhões de pessoas alcançadas para 1,52 milhões. Na segunda posição permanece O Jogo, que regista também um decréscimo no seu reach multiplataforma, passando de 1,49 milhões em abril para perto de 1,4 milhões em maio Segue-se o site MaisFutebol, que desce abaixo da fasquia do milhão, recuando de 1,08 milhões de pessoas alcançadas em abril para cerca de 950 mil pessoas no último mês.

Entre as estações de televisão, além da TVI e da SIC, que ocupam o primeiro e quarto lugares no ranking geral, segue-se a RTP, que sobe em maio da 15ª à 12ª posição, com um reach multiplataforma de 1,44 milhões de pessoas, uma subida comparativamente aos 1,3 milhões de pessoas alcançadas em abril através das suas plataformas digitais. Nas rádios, a TSF, que regressou ao ranking da Marktest em janeiro, mantém o estatuto de estação com maior alcance digital em Portugal, registando em maio um crescimento significativo ao passar de 846 mil pessoas alcançadas no mês anterior para 1,42 milhões de pessoas alcançadas no último mês. Na segunda posição volta a surgir a RFM, que vê o seu reach digital crescer também das cerca de 614 mil pessoas alcançadas abril para perto de 1,05 milhões em maio. A Renascença, que aumenta o reach digital das 442 mil pessoas para cerca de 558 mil, sobe ao terceiro lugar, ultrapassando a Comercial, que cresce ligeiramente, das 513 mil pessoas para 527 mil pessoas alcançadas no último mês.

Na análise aos resultados por grupo de media, volta a haver mexidas na liderança. Depois de ter visto a Media Capital subir ao primeiro lugar em abril, o Global Media Group recupera o estatuto de líder, com uma subida do seu reach multiplataforma dos 4 milhões e 157 mil pessoas para os 4 milhões e 275 mil pessoas. Já a Media Capital, apesar de registar igualmente um crescimento das cerca de 4 milhões e 195 mil pessoas alcançadas em abril para perto de 4 milhões e 223 mil pessoas alcançadas pelas suas plataformas digitais no último mês, desce à segunda posição. A Cofina volta a encerrar o top 3, fechando o mês de maio com um reach multiplataforma próximo dos 4,18 milhões, um ligeiro aumento face aos 4,13 milhões registados em abril. A Impresa mantém-se em linha com os resultados obtidos em abril, voltando a ficar próxima dos 3,9 milhões de pessoas alcançadas, ocupando uma vez mais a quarta posição. Seguem-se a Renascença Multimédia (1,49 milhões) e a RTP (1,44 milhões).

O ranking NetAudience apresenta desde maio de 2019 os números relativos ao reach agregado dos títulos que integram a rede Nónio: aproximadamente 5 milhões e 144 mil pessoas alcançadas em multiplataforma no último mês.

Deixe aqui o seu comentário