Audiências TV: RTP é o único canal a ganhar quota. SIC e TVI separadas por sete décimas

Por a 6 de Junho de 2022

Esta semana o consumo de TV diário por indivíduo apresenta-se em clima de total estabilidade, registando o mesmo tempo de consumo da semana passada, 5h11m diárias. Na equação da quota de audiência, a RTP1 é o único canal que reforça, com SIC e TVI a observarem uma descida na sua quota de audiência semanal, o que também se verifica com a oferta cabo e o Outros, que no entanto registam quebras muito ligeiras, em ambos os casos de apenas uma décima. Assim, a RTP1 apresenta tendência de crescimento e atinge os 12,2% de share, enquanto a SIC quebra até aos 16,8% de quota semanal, com a TVI a apresentar comportamento semelhante e a ter agora 16,1% de quota. Em tendência similar, mas com quebras muito ligeiras estão a Cabo, que desce uma décima até aos 39,5% de quota semanal, com o Outros (que inclui o visionamento em time shift, streaming e vídeo/jogos) a descer pela mesma medida e a ter agora 13,5% de share de audiência semanal.

Na frente da tabela dos canais mais vistos da oferta paga continuam CMTV, CNN Portugal e SIC Notícias, mas as trocas de posição acontecem logo nos lugares seguintes, esta semana ocupados por Fox e Globo. Na segunda metade da listagem estão Hollywood, TVI Reality, Fox Life, Fox Movies e o Canal 11, que está de regresso à tabela para encerrar o ranking desta semana.

Com a entrada em campo da seleção nacional na Liga das Nações, a liderança fica entregue sem surpresas ao jogo Liga das Nações/Portugal X Suíça, transmitido pela RTP1, a que se seguem apenas conteúdos da TVI: Big Brother Desafio Final – Os Finalistas, Big Brother Desafio Final – A Caminho da Vitória e Big Brother Desafio Final, seguidos pela novela Festa é Festa IV – Verão.

No top 5 do cabo, o pódio é ocupado por programas da CMTV: CM Jornal 13h lidera, seguido por CM Jornal 20h e por Mercado. Na posição que se segue está a novela da Globo O Outro Lado do Paraíso e o Jornal 7, mais uma vez da CMTV, encerra a tabela da semana.

Análise Data Insights do Havas Media Group

Deixe aqui o seu comentário