CTT têm uma nova marca para o negócio dos cacifos para e-commerce a nível ibérico

Por a 17 de Maio de 2022

Num investimento que rondará os oito milhões de euros, os CTT estão a apresentar ao mercado uma nova rede de cacifos, aberta a qualquer operador de distribuição, sob a marca Locky. O projeto de criação da nova marca, à qual caberá a gestão do negócio de cacifos dos CTT nos mercados ibéricos, ficou a cargo da Havas Lisboa.

“Independentemente da marca CTT, o objetivo é que os clientes particulares que efetuem as suas compras online possam usar estes lockers, independentemente do operador de distribuição, para levantamento das suas encomendas a qualquer hora e em qualquer lugar”, explica a empresa em comunicado, onde traça como meta a liderança enquanto rede de cacifos para e-commerce em Portugal, tendo como objetivo chegar aos 1.000 cacifos sob a marca Locky até ao final deste ano.

“Sendo uma solução de enorme conveniência, quer para quem compra como para quem vende online, os cacifos vêm também complementar a rede de pontos de entrega dos CTT, com uma solução inovadora, reforçando o posicionamento diferenciado da empresa na cadeia de valor do e-commerce e fortalecendo a ligação de proximidade dos CTT com os seus clientes”, argumenta a empresa.

Deixe aqui o seu comentário