Audiências TV: RTP1 sobe em semana de liderança da SIC

Por a 17 de Maio de 2022

Depois de algumas semanas com tendência decrescente, na última semana o consumo de TV diário por indivíduo aumentou subindo cerca de 4 minutos face à semana anterior, ficando agora nas cinco horas e oito minutos diários.

Na semana de 9 a 15 de maio, a RTP1 reforça o valor da sua quota de audiência semanal, ao contrário da TVI, que desce, com SIC, Cabo e o item Outros a apresentarem variações residuais, em ambos os sentidos. Desta forma, a RTP1 é o canal que mais sobe e atinge esta semana os 11,5% de share, a SIC desce uma décima e tem agora 16,5% de quota semanal, e a TVI desce também, de forma mais acentuada e regista 15,8% de quota. Também com variações mínimas estão Cabo e Outros, com a oferta paga a subir uma décima até aos 39,9% de quota semanal, e o Outro” (que inclui o visionamento em time shift, streaming e vídeo/jogos) a descer pela mesma medida e a obter esta semana 14,3% de quota semanal.

Na tabela dos mais vistos da cabo, CMTV e CNN Portugal continuam a manter as duas primeiras posições que já ocupavam, com a SIC Notícias a regressar esta semana ao pódio para ocupar a terceira posição, por troca com o TVI Reality, que fica assim com o quarto lugar. Os lugares seguintes são ocupados por Globo, Fox, Hollywood, Fox Movies e Fox Life, com o AXN a regressar esta semana ao top 10, para ocupar a décima posição.

De volta ao primeiro lugar na tabela da programação está o programa de Ricardo Araújo Pereira e equipa Isto é Gozar Com Quem Trabalha/Especial, da SIC, a que se segue o Jornal da Noite, também da SIC. Os restantes programas são todos da TVI: Big Brother Desafio Final e Big Brother Desafio Final – Prova dos 9 e ainda a novela Festa é Festa III, que fecha a tabela semanal. No top 5 da cabo, a CMTV domina todo o pódio com Investigação Sábado na liderança, seguido por Investigação CM/Extorsão Nudes e por CM Jornal 20H. Nos dois últimos lugares estão conteúdos da Globo, as novelas Chocolate com Pimenta e O Outro Lado do Paraíso.

Fonte: Data Insights/Havas Media Group

Deixe aqui o seu comentário