Definidos apoios à venda de jornais e revistas por assinatura

Por a 20 de Abril de 2022

O governo, os CTT – Correios de Portugal e a Associação Portuguesa de Imprensa (API) renovaram o acordo editorial relativo à venda de jornais e revistas por assinatura, prolongando-o para o triénio 2022-2024. Continuam em vigor as condições que vigoraram no ano transato.

Este acordo consiste no apoio de 35 por todos os envios (nacional e internacional) efetuados no âmbito do programa, a fixação do tarifário para o triénio e ainda gratuitidade dos envios realizados pela API para a Escola Portuguesa de Maputo.

“É muito importante ter um contrato a três anos para estabilização dos preços, sabendo quais são os preços que vão vigorar. Assim, fazemos chegar os jornais a todo o País, a qualquer ponto que o correio transporta e entrega e que de outra maneira, as pessoas não podiam ler os jornais”, refere o vice-presidente da Associação Portuguesa de Imprensa, Vítor Brás, em comunicado. “Nesta altura de grande complexidade, é de realçar que os CTT continuam a apoiar o setor da imprensa, ao mesmo tempo que reforçam a sua proximidade às populações, permitindo assim que as notícias cheguem de forma transversal a todos os cantos do país”, completa o administrador executivo dos CTT, João Ventura Sousa.

Deixe aqui o seu comentário