Dreamia mantém Panda Kids por mais 6 meses e admite existir “todo o potencial para se tornar permanente”

Por a 11 de Janeiro de 2022

“O Panda Kids trouxe a peça que faltava para que a Dreamia pudesse estar presente em todo o universo infantil”, comenta Susana Gomes, directora do canal pop-up lançado no último ano e agora com emissão prolongada por mais seis meses. Dirigido a um público entre os 6 e os 9 anos, o canal permite, segundo a responsável, garantir “a melhor e mais completa oferta infantil do mercado” em conjunto com os canais Panda e Panda Biggs, além da recém-lançada plataforma de streaming Panda+.

“Desde o pré-escolar, com o canal Panda, até aos adolescentes e jovens adultos, com o Biggs, a nossa oferta é vasta e conseguimos oferecer a cada faixa etária, com gostos tão particulares e distintos, um território exclusivo onde podem ver os melhores conteúdos adequados a cada target”, argumenta Susana Gomes. O Biggs, recorde-se, solicitou junto da ERC uma alteração do projecto de serviço de programas, passando a focar-se no público adolescente, na faixa etária entre os 12 e os 15 anos, quando até aqui apontava ao target entre os 8 e os 14 anos.

Com o prolongamento agora anunciado, o canal temporário Panda Kids tem presença assegurada nas quatro operadoras de televisão nacionais, bem como na operadora angolana ZAP, até ao final do primeiro semestre deste ano. Questionada pelo M&P se está a ser equacionada a transformação do canal num serviço de televisão permanente após este período de um ano de emissões, a Dreamia admite que “o Panda Kids tem todo o potencial para se tornar um canal permanente”, salientando, no entanto, que “esta decisão irá depender sempre do interesse das operadoras e, principalmente, dos espectadores”.

Deixe aqui o seu comentário