Sindicato dos Jornalistas apresenta queixa à ACT contra Vicra

Por a 17 de Dezembro de 2021

Os trabalhadores do jornal A Bola, de abola.pt, da revista Auto Foco e de A Bola TV ainda não receberam o subsídio de Natal, denunciou o Sindicato dos Jornalistas, que vai pedir a intervenção da Autoridade para as Condições do Trabalho (ACT) junto da Sociedade Vicra Desportiva e Vicra Comunicações, detentoras dos títulos.

“Este é o quinto ano consecutivo que a administração entende que não deve cumprir esta obrigação para com os funcionários e quase tão grave quanto o atraso é o facto de não ter dado qualquer explicação”, detalha o Sindicato dos Jornalistas (SJ) em comunicado. A mesma entidade refere que a situação “é ainda mais penalizadora para os muitos trabalhadores que estiveram mais um de um ano e meio em lay-off”, já que estes trabalhadores, além de não terem recebido o subsídio de Natal, aguardam, de acordo com o SJ, que a empresa transfira para as suas contas bancárias a verba que foi depositada pela Segurança Social nas contas da empresa após a decisão do governo de pagar a 100 por cento o salário a quem estivesse em lay-off. “No entanto, não é esse o entendimento dos administradores da Vicra, que garantiram ao SJ que há muito pediram um esclarecimento à Segurança Social por entenderem que no caso dos trabalhadores de A Bola não existe o direito de receberem o salário a 100 por cento. Dizem que como não obtiveram resposta não pagaram aos trabalhadores, mas que essas verbas estão congeladas até ao momento de se dissiparem as dúvidas”, aponta o mesmo comunicado do SJ.

Deixe aqui o seu comentário