Semana do Natal leva consumo TV para máximo do ano

Por a 27 de Dezembro de 2021


Na semana do Natal, o consumo de TV diário por indivíduo aumenta de forma significativa e atinge as seis horas diárias, com uma subida de cerca de 41 minutos face ao registado na semana anterior, e alcançando o valor mais elevado desde a semana 13 do ano, semana da Páscoa.

No que diz respeito às variações da quota de audiência por canal, esta semana o Outros é o único canal a reforçar a sua quota, com os restantes canais a manterem ou a diminuírem o seu share face à semana anterior. Assim, a RTP1 desce até aos 11 por cento de quota, a SIC cai também ligeiramente e tem agora 18,5 por cento de share semanal e a TVI mantém os mesmos 16 por cento de quota semanal que já tinha. A oferta Cabo cai de forma mais significativa e regista agora 36,4 por cento, ao passo que o Outros (que inclui o visionamento em time shift, streaming e vídeo/jogos), reforça a sua quota semanal e alcança os 16,1 por cento.

Relativamente à tabela dos 10 canais pagos mais vistos da semana, há uma nova entrada para o pódio, com o Hollywood a subir até à terceira posição e a juntar-se à CMTV e à CNN Portugal. Depois deste pódio dos mais vistos estão esta semana a Fox, SIC Notícias, Globo, Fox Movies, TVI Reality, AXN e Fox Life, que volta a entrar nesta tabela e fecha a listagem dos mais vistos na semana do Natal.

Em semana de clássico a contar para a Taça de Portugal, a transmissão na TVI do jogo da Taça de Portugal Placard FC Porto X Benfica lidera a tabela da programação. As posições restantes são ocupadas por conteúdos SIC, com
Jornal da Noite, a que se segue A Máscara/Especial, A Máscara – Duelos/Especial e um dos filmes habituais de Natal:
Sozinho em Casa II: Perdido em Nova Iorque. Na tabela dos mais vistos da cabo, as três primeiras posições são ocupadas por conteúdos da CMTV: CM Jornal 20H, Notícias CM e Mercado, seguidas por filme Hollywood/MEG – Tubarão Gigante do canal Hollywood e Jornal 7, mais uma vez da CMTV.

Fonte: Data Insights /Havas Media Group

Deixe aqui o seu comentário