Meo diz que serviço Playce foi “discutido detalhadamente” ao longo de 2019 e 2020 com Autoridade da Concorrência

Por a 16 de Dezembro de 2021

A Meo refuta as “acusações infundadas” da Autoridade da Concorrência (AdC) de que a empresa, a Vodafone, a NOS e a Accenture restringiram a concorrência no acesso a gravações automáticas de televisão. A empresa refere que o serviço Playce foi lançado após reuniões prévias com a AdC, sem que tenham sido levantados problemas por parte da entidade.

Numa nota escrita enviada à agência Lusa, fonte oficial da Altice Portugal diz que a empresa “irá analisar a nota de ilicitude recebida e irá responder à AdC dentro dos prazos estipulados, refutando todas as acusações infundadas que lhe são dirigidas [e] estando convicta de que nada existe de ilícito no projecto em causa”.

“Mais se refere que em causa está um projecto que foi apresentado à AdC e discutido detalhadamente com aquela autoridade em várias sessões de trabalho presenciais ao longo de 2019 e 2020, sem que nos tenham chegado objecções, pelo que é com enorme surpresa que recebemos esta nota de ilicitude e que assistimos às declarações dessa mesma autoridade no sentido de a investigação ter tido origem em informação divulgada em agosto de 2020 pela comunicação social”, acrescenta. A Meo destaca que o serviço Playce é “vantajoso para todos os envolvidos, incluindo para o consumidor”.

A Autoridade da Concorrência (AdC) acusou a Meo, a NOS, a Vodafone e a Accenture de restringirem a concorrência ao combinarem entre si a inserção de 30 segundos de publicidade como condição de acesso dos respectivos clientes às gravações automáticas dos diferentes canais de televisão. Os preços da publicidade também terão sido acordados entre operadores concorrentes.
Nesta fase do processo da AdC, as empresas visadas podem exercer o seu direito de audição e de defesa.
A investigação da AdC arrancou em Agosto de 2020, quando foi lançado o serviço da Accenture que se apresenta ao mercado com a designação Playce. Em Novembro do mesmo ano, soube-se agora através de comunicado da AdC, foram efectuadas operações de busca e apreensão, com vista a obter prova dos comportamentos em causa.

Deixe aqui o seu comentário