Novo observatório dedicado à inovação nos media e indústrias criativas

Por a 22 de Novembro de 2021

O Obi.Media, que se apresenta como o primeiro observatório português dedicado à inovação nos media e outras indústrias criativas, é lançado esta quarta-feira, pelas 18h, na Faculdade de Ciências Sociais e Humanas da Universidade Nova de Lisboa. Integrado na unidade de investigação ICNOVA, o observatório é coordenado por Dora Santos Silva. Integram a equipa seis investigadores (Ana Marta Flores, António Granado, Ioli Campos, Maria João Centeno, Patrícia Ascensão e Pedro Coelho) e quatro alunos de doutoramento (Ana Sofia Paiva, Catarina Carvalho, Diogo Queiroz de Andrade e Patrícia Caneira).

“A estrutura tem como objectivo monitorizar e analisar práticas de inovação criativa, digital, social e sustentável presentes nos órgãos de comunicação social e noutras áreas do sector cultural e criativo português. Ao mesmo tempo, quer identificar obstáculos à inovação e propor respostas, em articulação com os profissionais, o mercado e a sociedade”, referem os responsáveis em comunicado.

O dia de lançamento será o mote para a apresentação dos resultados de dois estudos sobre práticas de inovação digital na imprensa e em museus nacionais. Haverá um debate sobre casos de inovação em museus, juntará António Ponte, director do Museu Nacional Soares dos Reis, Tiago Guerreiro, responsável de comunicação do Museu Bordalo Pinheiro, e Denise Grinspum, investigadora que já passou pela direcção de vários museus brasileiros. Segue-se outro debate sobre inovação no jornalismo em Portugal, com Catarina Carvalho, directora da Mensagem de Lisboa, João Pedro Pereira, editor de newsletters e projectos digitais do Público, e Tiago Sigorelho, fundador do Gerador.

O observatório conta com um site próprio  e prevê lançar em 2022 um podcast.

Deixe aqui o seu comentário