Instagram é a rede preferida dos sub-34 para seguirem marcas

Por a 30 de Novembro de 2021

Em média, os portugueses seguem 30 entidades, entre empresas, instituições, marcas e grupos de interesse nas redes sociais, adianta o estudo Os Portugueses e as Redes Sociais, produzido pela Marktest.

O Facebook continua a ser a rede mais relevante para seguir marcas nas redes sociais, mas tem perdido quota para o Instagram. Enquanto o número de referências ao uso do Facebook para seguir marcas ou empresas recuou de 83,5 por cento para 78,1 por cento entre 2020 e 2021, no Instagram esse indicador cresceu de 55,4 por cento para 65,8 por cento. Este cenário é ainda mais evidente entre os mais jovens, onde o Instagram é já a rede mais referida para este efeito, com níveis de 72.7 por cento entre os 15 e os 24 anos e de 76 por cento entre os 25 e os 34 anos.

No que respeita às atividades mais seguidas, o sector da Restauração e Culinária é aquele que atrai mais fãs nas redes sociais, com um total de 56 por cento de referências por parte dos inquiridos.  No top 3 de marcas mais seguidas pelos utilizadores de redes sociais em Portugal surgem duas insígnias de Grande Distribuição: o Continente, indicado por 16,7 por cento dos seguidores de marcas ou empresas nas redes sociais, e o Lidl, com 10 por cento de referências. A Nike, com 9,1 por cento, é a marca que fecha o pódio.

Deixe aqui o seu comentário