Há um novo guia de boas práticas na publicidade para combater greenwashing

Por a 16 de Novembro de 2021

A Direcção-Geral do Consumidor (DGC) e a Auto Regulação Publicitária (ARP) lançaram na última senana um guia explicativo sobre as práticas comerciais das empresas que associam as suas marcas ao tema da sustentabilidade, particularmente no que respeita à vertente ambiental. O guia acompanha as chamadas “alegações ambientais”, que “têm como objectivo incentivar a adopção de boas práticas de consumo, conscientes e esclarecidas”.

O guia destaca que as marcas não devem induzir os consumidores em erro, evitando o chamado ecobranqueamento ou greenwashing, “optando-se por menções verdadeiras, claras, precisas e relevantes, devidamente baseadas em factos científicos e comprováveis”. O mesmo documento apresenta informações destinadas aos consumidores com enfoque na temática das alegações ambientais utilizadas no marketing e na publicidade. Existe também um capítulo destinado às boas e as más práticas neste domínio.

O secretário de Estado do Comércio, Serviços e Defesa do Consumidor, João Torres, destaca que os “operadores económicos optam por associar crescentemente as suas marcas à salvaguarda ambiental, pelo que é importante capacitar e sensibilizar, amplamente, para a importância da transmissão de informações verdadeiras e claras, evitando-se a proliferação de alegações ambientais imprecisas”.

Consulte o guia aqui

Deixe aqui o seu comentário