Esta quinzena no M&P: Sentir o pulso à criatividade nacional

Por a 9 de Novembro de 2021

O regresso aos eventos presenciais tem servido não só para o reencontro entre profissionais do sector mas também para voltar a colocar em cima da mesa os desafios que enfrentam as diferentes áreas. Na edição desta quinzena do M&P o destaque de capa vai para a celebração dos 25 anos de Young Lions em Portugal. Fique a conhecer os temas que dominaram o dia que tomou o pulso à criatividade nacional. Estivemos também na Web Summit à procura de projectos inovadores e a acompanhar o Fourth Estate, o palco da conferência tecnológica dedicado ao jornalismo. Os artigos de opinião são da autoria de Raquel Gradim (Twenty One), Ricardo Tomé (Media Capital Digital) e Vítor Cunha (JLM & Associados). Conheça em pormenor os temas da edição do M&P desta quinzena.

Eles estão na dianteira da inovação

A Web Summit voltou a ser palco para a apresentação de startups que, através da tecnologia, prometem congregar comunidades, mudar processos de trabalho e de remuneração e contornar constrangimentos. É hora de conhecer 10 projectos criados em Portugal que querem crescer nos mercados internacionais.

As pessoas não confiam nas notícias. E agora?

Os media enfrentam uma crise de confiança sem precedentes. Num ano marcado por níveis preocupantes de desinformação, o tema passou pelo palco central da Web Summit e teve ecos no estreante Fourth Estate, o primeiro palco da conferência tecnológica dedicado exclusivamente ao jornalismo.

Das métricas à monetização de conteúdos

Um retrato de como as métricas no digital estão a mudar a produção jornalística e como isso pode ajudar a monetizar os conteúdos. Temas em destaque no palco Fourth Estate da Web Summit dedicado ao jornalismo.

A voz no centro de um rebranding

Enquanto a marca Novo Banco foi criada numa noite, o rebranding para Novobanco demorou dois anos a ser estudado e implementado. “É um novo ciclo”, assegura António Ramalho.

25 anos Young Lions: Os cases estão a suplantar as ideias?

Uma reflexão sobre a criatividade nacional a partir dos grandes prémios do festival de Cannes. Se, por um lado, a aposta em cases parece estar a dificultar o acesso aos prémios, existem condicionantes no mercado português difíceis de ultrapassar.

25 anos Young Lions: Reflexões a partir dos grandes prémios

Transformação de negócio, envolvimento em causas sociais e “mentalidade de hacker” são algumas das ideias transversais aos vencedores dos grandes prémios em Cannes.

25 anos Young Lions: De que é feito um criativo?

Num mercado publicitário onde a mudança foi uma constante nas últimas duas décadas, as competências exigidas aos criativos estão em permanente evolução. Na realidade, o que significa ser criativo hoje? Quais as características mais valorizadas pelas agências e que caminhos devem os jovens seguir para chegar ao perfil procurado pelo mercado? Nos 25 anos dos Young Lions, dois painéis dedicados às Novas Competências e à Formação ajudaram a encontrar algumas pistas.

25 anos Young Lions: Guia para reter talento

A experiência internacional é o elo comum aos cinco profissionais que se juntaram às comemorações dos 25 anos de Young Lions para falar sobre exportação e importação de criativos. A retenção de talento acabou por ser o tema forte e os salários estão longe de ser a única chave a abrir a porta de saída

O estado do marketing no pós-pandemia

Um estudo da Salesforce, que inclui dados relativos a Portugal, aponta para os vários desafios e transformações que a pandemia está a trazer aos profissionais do marketing.

Um dia na vida de…

Salvador da Cunha, CEO do Lift World.

Deixe aqui o seu comentário