Audiências TV: SIC e TVI mais próximas mas liderança permanece em Paço de Arcos no mês da rentrée

Por a 1 de Outubro de 2021

A análise de audiências de televisão da agência de meios Initiative, que integra o grupo Mediabrands, revela que em Setembro a SIC voltou a liderar o ranking de canais portugueses. A estação de Paço de Arcos fechou o mês de Setembro com um share de 18.7%, recuando -0.3 p.p. face ao mês de Agosto. No sentido inverso esteve a TVI. O canal aproximou-se da concorrente ao crescer 1 p.p. em share de audiência face ao mês anterior, terminando o mês com 17.4%. As transmissões dos jogos a contar para a Liga dos Campeões e a estreia da nova temporada de Big Brother alavancaram as audiências do canal. A RTP1 também contou com um incremento de audiências, num mês em que atingiu um share de 10.4%, mais 0.5 p.p. vs. Setembro. Olhando para o universo dos canais Pay TV, a liderança voltou a ser da CMTV (4.4%), com a SIC Notícias (2%) e Globo (1.8%) a completarem o top dos mais vistos nesta tipologia.


Em Setembro, e tendo em conta a média de todas as emissões de cada programa, destaque para a vitória de Portugal arrancada a ferros contra a República da Irlanda. A partida, transmitida pela RTP1, superou os restantes programas do mês e liderou com uma audiência média de perto de 2 milhões de telespectadores, a que correspondeu um share de 41.1%. Seguiram-se os jogos do FC Porto na Liga dos Campeões, ambos transmitidos pela TVI. A estreia dos dragões na competição jogou-se em Madrid num empate sem golos visto por mais de 1.7 milhões de portugueses. Já a goleada sofrida em casa frente ao Liverpool foi vista, em média, por mais de 1.6 milhões de portugueses. Neste ranking de programas, de destacar também os episódios finais de Quem Quer Namorar com o Agricultor? IV (SIC) e de Festa é Festa (TVI), que estreou a segunda temporada no dia 27 de Setembro. De realçar também a noite das Autárquicas 2021, à qual os canais generalistas portugueses dedicaram especial atenção, com o regresso do programa Isto é Gozar com Quem Trabalha a focar os seus conteúdos nestas eleições.

O mês de Setembro foi pródigo na renovação das grelhas dos principais canais portugueses, com alguns regressos e estreias. Da SIC, destaque para a estreia da nova telenovela Bom Sucesso, de Fina Estampa e de O Clube. A série, que até então era conteúdo exclusivo da plataforma Opto, estreou no dia 25 de Setembro e contou com uma audiência média de 398 mil telespectadores e um share de 17.2%. Da SIC, menção ainda para a transmissão dos jogos do Sp. de Braga a contar para a Liga Europa. Também neste mês, e para além do regresso de Big Brother, a TVI contou com a estreia da minissérie O Pecado. Estreada no dia 25, o produto de ficção nacional contou com uma audiência média de 857 mil telespectadores e um share de 21.5%. Já a RTP1 estreou Chegar a Casa. A nova série de ficção da estação de televisão pública teve a primeira emissão no dia 8, alcançando uma audiência média de 467 mil telespectadores e um share de 9.4%. Destaque ainda para as transmissões dos jogos da selecção nacional a contar para o Campeonato do Mundo de Futsal jogado na Lituânia e para o programa Festa das Vindimas, que passou por várias regiões do país ao longo dos programas.

De referir ainda que, no acumulado do mês, as madrugadas (2h30-7h30 – 10% de share), manhãs (7h30-12h30 – 14.7%) e late night (00h–2h30 – 17%) foram lideradas pela TVI. A hora de almoço (12h30-14h30 – 25.4%), tarde (14h30-18h30 – 16.3%), pré-prime (18h30-20h – 18.5%) e prime-time (20h–00h – 22.3%) foram lideradas pela SIC.

Análise produzida pela Initiative

Deixe aqui o seu comentário