Documentário assinala um ano de actividade da União Audiovisual (com vídeo)

Por a 15 de Setembro de 2021

“Ninguém fica para tráz”, documentário filmado por Nuno Pires Pereira, retrata o trabalho desenvolvido ao longo do último ano pela União Audiovisual, grupo informal criado em resposta ao impacto da pandemia covid-19 no sector dos eventos, festivais e espectáculos. Rodado em cidades como Lisboa, Évora, Faro, Porto, Caldas da Rainha ou Coimbra, o projecto assinala um ano de actividade da plataforma criada para apoiar as famílias dos trabalhadores da cultura e espectáculos cujo trabalho foi afectado pela covid-19 numa altura em que o sector se viu paralisado pelo contexto pandémico, com os eventos cancelados ou adiados.

“Técnicos, produtores, riggers, técnicos de backline, muitas são as profissões, muitas mais são as pessoas, famílias e histórias de quem tudo perdeu, mas nem por isso desanimou quando a pandemia chegou a Portugal em 2020”, refere a União Audiovisual sobre o documentário que retrata “como tudo começou e como foi apadrinhado por imensa gente”, num percurso que passou por “aprender a fazer coisas novas, os erros, as transformações” e encerra “histórias de ajuda, força, carinho”.

Com datas de exibição em várias salas do país ao longo do mês de Outubro, o documentário visa também promover “a boa continuidade de recolha de bens de primeira necessidade para profissionais dos espectáculos, que sofrem os efeitos da paralisação parcial ou absoluta das suas actividades”. Nesse sentido, a entrada será gratuita mediante a cedência de uma doação de bens alimentares.

Deixe aqui o seu comentário