Auga Seca eleita melhor série dramática no Celtic Media Festival

Por a 14 de Setembro de 2021

A série luso-espanhola Auga Seca, co-produção da Portocabo com a portuguesa SPi, saiu do Celtic Media Festival com o título de Melhor Série Dramática. A série, emitida pela RTP e pela TV Galicia, recorde-se, foi adquirida no último ano pela HBO, que passou a integrar a primeira temporada no seu portfólio de conteúdos nos dois mercados, e tem uma segunda temporada, ainda sem data de estreia, assegurada em co-produção com a plataforma internacional de streaming.

“Esta distinção revela o excelente trabalho que está a ser feito ao nível da ficção portuguesa produzida para a RTP1, cuja qualidade e diversidade é, uma vez mais, reconhecida nos mercados internacionais”, salienta José Fragoso, directora da RTP1, destacando que “a produção de ficção portuguesa para televisão vive um momento de vitalidade, o que vem comprovar a resiliência de um sector com um elevado potencial de circulação nacional e internacional”.

“É também de destacar o potencial de co-produção que existe entre Portugal e Espanha”, sublinha ainda o mesmo responsável, lembrando que “Auga Seca permitiu envolver equipas criativas e técnicas dos dois países e um elenco de actores notável de ambas as nacionalidades, desenvolvendo uma narrativa tensa e emocional cuja acção se desloca entre paisagens portuguesas e galegas”.

José Amaral, responsável da SPi, concorda que este é “um prémio que vem confirmar a qualidade internacional deste projecto” e “um sinal inequívoco do reconhecimento da nossa produção de excelência e do talento existente em Portugal, onde as boas histórias estão presentes e onde queremos continuar a fazer a diferença, participando em projectos com capacidade de distribuição internacional”. A nova temporada, constituída por oito episódios, terá estreia directa na plataforma da HBO.

Deixe aqui o seu comentário