Ana Gomes doa 31 mil euros ao novo jornal Setenta e Quatro

Por a 30 de Julho de 2021

A ex-candidata à Presidência da República Ana Gomes decidiu entregar os donativos que sobraram da campanha, avaliados em 31 mil euros, à associação Continuar para Começar, responsável pelo novo jornal online Setenta e Quatro.

De acordo com a Lusa, numa carta dirigida aos presidentes da Entidade das Contas e Financiamentos Políticos, José Eduardo Figueiredo Dias, e da Comissão Nacional de Eleições (CNE), José Vitor Soreto de Barros, Ana Gomes explica que chegou ao fim da campanha com um excedente. “Acredito que temos de defender a democracia, sobretudo quando a vemos ameaçada. E sei que o jornalismo de investigação é ferramenta indispensável no combate pelos valores fundamentais da democracia e dos direitos humanos. Estou crente de que esta minha escolha corresponde aos objectivos de todas e todos os que contribuíram livremente para financiar a minha campanha”, adianta na mesma carta Ana Gomes, onde dá a conhecer o destino do valor excedente.

O jornal Setenta e Quatro arrancou no início deste mês. Ricardo Cabral Fernandes, que passou pelo Público, I e Sol, é o director da publicação, que conta ainda com os jornalistas Filipe Teles, Isabel Lindim e Joana Ramiro na redacção. A publicação é detida pela associação Continuar para Começar. O acesso ao site é gratuito, sendo que a expectactiva é que seja a comunidade de leitores a financiar o título.

De acordo com os responsáveis, o “novo jornal online propõe-se realizar reportagens e a apresentar artigos de fundo, disponibilizando às leitoras e aos leitores notícias e análises que contenham uma visão mais aprofundada dos temas, nacionais e internacionais”. “Procurará contribuir para uma sociedade mais informada e para um debate público mais qualificado e, desse modo, para o isolamento das ideias promotoras da divisão, de discriminação e exclusão. O objectivo é e será o reforço da democracia”, acrescentam.

Deixe aqui o seu comentário