Vitória de Portugal leva share diário da SIC para os 31,5 por cento

Por a 16 de Junho de 2021


O jogo Hungria-Portugal, emitido pela SIC, foi acompanhado, em média, por 2,3 milhões de portugueses, correspondendo a cerca de 67.8 por cento das pessoas que estavam a assistir naquele momento televisão no lar.

De acordo com uma análise da agência de meios Universal McCann, se compararmos este jogo de estreia com os de competições anteriores, verifica-se que este foi menos visionado face ao primeiro jogo de Portugal no Euro 2016 e ao Mundial 2018, já que decorreu durante um dia de semana e a um horário laboral (17h). Ainda assim, em termos de share, os resultados foram semelhantes.

Também a SIC saiu a ganhar, ao ter sido o canal mais visto do dia, já que atingiu os 31.5 por cento de share. Como destaca a Universal McCann, é preciso recuar até ao período do Euro 2016 para vermos um canal FTA a registar uma quota de share superior a 30 por cento. Nessa fase, coube à RTP1 emitir as partidas de Portugal, tendo a estação de televisão pública alcançado os 35.3 por cento no dia da final do Euro 2016 (10 de Julho).

Analisando o jogo ao minuto, infere-se que o interesse dos portugueses pelo jogo foi crescente ao longo de toda a emissão. No intervalo, houve uma ligeira quebra de audiências, retomada mal o árbitro da partida apitou para o início da segunda parte. Até ao final do jogo, as audiências foram crescendo, com o pico máximo a acontecer no momento do terceiro golo da selecção nacional, o segundo para Cristiano Ronaldo. Nesse período, estavam sintonizados na SIC mais de 3,1 milhões de portugueses, a que correspondeu um share de 73.9 por cento.


Deixe aqui o seu comentário