Octávio Ribeiro vai sair da Cofina (act)

Por a 8 de Junho de 2021

Octávio Ribeiro, director-geral editorial da Cofina desde 2017 e director do Correio da Manhã e do CMTV, vai deixar a Cofina. A notícia foi avançada pelo Eco e confirmada minutos depois pelo grupo liderado por Paulo Fernandes.

Carlos Rodrigues, director-executivo, será o novo director do CM e da CMTV.

Com a saída do fundador do CMTV, a Cofina vai “agilizar a sua estrutura organizativa”, extinguindo a direcção-geral editorial, que contava com Armando Esteves Pereira e Alfredo Leite como adjuntos .

“Tendo em conta o contexto que os Media atravessam, a Cofina passará a contar com  responsáveis editoriais por marcas, televisão e Correio da Manhã por um lado, e os restantes títulos por outro. No entender da empresa, esta reorganização optimiza o seu segmento de televisão, tendo agregado o principal título do grupo, e por outro reforça a identidade própria dos restantes segmentos de media, sem contudo deixar de obter as sinergias de grupo”, diz o grupo em comunicado.

“O Octávio Ribeiro tem sido ao longo dos anos um profissional que sempre fez a diferença, com ousadia, empenho e focado no desenvolvimento de um grupo de media independente, com um posicionamento sempre claro em favor do leitor e do espectador, a quem estaremos sempre agradecidos”, afirma Paulo Fernandes, CEO da Cofina SGPS.

“A Cofina foi para mim, desde o inicio, uma casa de liberdade e de responsabilidade. Durante todos estes anos fui consolidando a ideia de que é o melhor local para se ser jornalista em Portugal, sem condicionalismos, sem receios, com ousadia e vontade de a cada dia contribuir para um Portugal melhor. Considero, ao fim destes anos, ter dado o melhor que consegui. Mas a vida é feita de etapas, e saio com o sentimento de que as equipas da Cofina continuarão empenhadas, diariamente, a cumprir cada vez melhor a sua missão”, acrescenta Octávio Ribeiro, que se vai dedicar a
“projectos pessoais fora do setor dos media”.

Carlos Rodrigues até agora director-executivo do CM e CMTV, entrou na Cofina em 2012.  Antes foi subdirector de informação da SIC. Passou ainda pela RTP e pela TVI.

 

 

 

Deixe aqui o seu comentário