Maio: SIC lidera, TVI com os programas mais vistos e RTP1 único generalista a subir

Por a 1 de Junho de 2021


A análise de audiências de TV da agência de meios Initiative, que integra o grupo Mediabrands, revela que o consumo televisivo voltou a cair em Maio (-5.7%), em mês de avanços no desconfinamento. A SIC manteve-se como o canal mais visto, mantendo o valor de share do mês passado, 20.2%. A TVI ficou na segunda posição e contou com os programas mais vistos do mês. Contudo, registou uma ligeira quebra no seu share (-0.3 p.p. vs. Abril) ficando-se pelos 17.2%. A RTP1 reverteu as perdas do mês anterior e ganhou 0.3 p.p. de share atingindo 11.4%, tendo sido o único canal generalista a aumentar a sua quota de share em Maio.

A transmissão das semifinais e da Final do Festival Eurovisão da Canção, bem como o jogo dos quartos de final a contar para Campeonato Europeu de Sub-21 que opôs a Selecção Nacional sub-21 à Itália, alavancaram as audiências da estação de televisão pública. Analisando o conjunto dos canais Pay TV, manteve a sua quota de share estável (35.5%), com a CMTV (4.6%), SIC Notícias (2%) e Globo (1.9%) a estarem entre os canais mais vistos.

Olhando para a média de todas as inserções de cada programa, o destaque vai para a transmissão da final da Taça de Portugal. Transmitida pela TVI, a vitória do Sporting de Braga frente ao Benfica foi o programa mais visto do mês e o segundo mais visto do ano, já que conseguiu manter, em média, mais de 2.3 milhões de portugueses colados ao ecrã, correspondendo um share de 45.6%. A final da Liga dos Campeões, jogada no Estádio do Dragão e que opôs os ingleses do Chelsea ao Manchester City, também foi transmitida pela estação de Queluz e conquistou uma audiência média de mais de 1.9 milhões de telespectadores. A fechar o top 3 dos mais vistos esteve a entrevista de Manuel Luís Goucha a Tony Carreira. Em média, mais de 1.6 milhões de portugueses assistiram ao programa, que registou um share de 31.9%. Num mês marcado por futebol, destaque também para a final do Festival Eurovisão da Canção, transmitida pela RTP1. O certame foi o programa mais visto desse dia, elevando a RTP1 à liderança pela primeira vez em 2021.

Análise às estreias de Maio

Maio também foi um mês de novos programas, especialmente para a SIC, que viu estrear a quarta
temporada de Quem Quer Namorar com o Agricultor? O reality show foi para o ar no último domingo, dia 30 de Maio, e em termos de share, foi a estreia mais vista a um domingo desde 2013. Com uma audiência média de 1.4 milhões de telespectadores, o programa atingiu, então, um share de 32%. A estação de Paço de Arcos estreou também a telenovela Orgulho & Paixão, que veio substituir na grelha do canal a telenovela Êta Mundo Bom. No acumulado do mês, Orgulho & Paixão verificou uma audiência média de 706 mil telespectadores e um share de 10.8%.

De referir ainda que as manhãs (7h30-12h30 – 15.7% de share), horas de almoço (12h30-14h30 –
27.4%), tarde (14h30 – 18h30 – 18.5%), pré-prime (18h30-20h – 20.7%) e prime-time (20h-00h – 23%) foram lideradas pela SIC. O late night (00h-02h30 – 15%) e as madrugadas (2h30-7h30 – 9.6%) ficaram a cargo da TVI.

Fonte: Initiative

Deixe aqui o seu comentário