Croft Pink & Tonic apresenta-se como “o primeiro Portonic rosé em lata”

Por a 17 de Junho de 2021

Numa altura em que começam a chegar ao mercado as primeiras propostas de vinho do Porto tónico no formato, a Croft aposta no lançamento daquele que se assume como “o primeiro Portonic rosé em lata”. O Croft Pink & Tonic, disponível numa lata 100% reciclável de 250ml, vem, nas palavras de Adrian Bridge, “demonstrar a versatilidade e variedade do vinho do Porto”. O director-geral da Croft descreve a nova proposta da marca como um “vibrante vinho do Porto, na versão ready-to-drink, com água tónica, numa atractiva lata” que “vai agradar a todos os que procuram um momento refrescante e informal”.

O responsável considera que esta é mais uma inovação daquela que é uma das mais antigas casas de vinho do Porto, fundada em 1588, lembrando que “apesar da sua longa história e reputação, a Croft nunca se deixou limitar pela tradição e em 2008 lançou o primeiro vinho do Porto rosé: o Croft Pink, que a todos surpreendeu pelo arrojo e novidade”. “O Croft Pink atraiu novos e mais jovens consumidores para o vinho do Porto e criou novas oportunidades de consumo, nomeadamente associadas à preparação de cocktails e bebidas de Verão, onde era o ingrediente essencial”, conclui, sobre a versão rosé que agora assume o formato lata, o responsável da marca que integra o grupo The Fladgate Partnership.

O primeiro Porto tónico rosé em lata chega depois de a aposta neste formato ter arrancado através de outra marca detida pelo mesmo grupo, a Taylor’s. O Taylor’s Port & Tonic, cujo lançamento, avançava o grupo em comunicado, chegaria “mesmo a tempo do Verão” e terá Portugal, a par de Reino Unido e EUA, a encabeçar a lista de mercados numa primeira fase, “é o culminar de dois anos de trabalho ao lado do Instituto do Vinho do Porto”. “Sem dúvida vai ajudar a trazer mais consumidores para o Vinho do Porto”, afirmava Adrian Bridge, também director-geral da Taylor’s.

Deixe aqui o seu comentário