Comissão Europeia abre investigação ao Facebook Marketplace

Por a 4 de Junho de 2021

A Comissão Europeia abriu esta sexta-feira uma investigação formal, com carácter prioritário, Facebook por alegado abuso de posição dominante no mercado dos anúncios classificados online, por uso indevido de dados de anunciantes.

“A investigação formal irá avaliar se o Facebook liga o seu serviço de anúncios classificados online, o Facebook Marketplace, à sua rede social, em violação das regras de concorrência da UE”, acrescenta a Comissão Europeia, citada pela Lusa. O Facebook Marketplace permite comprar e vender bens tanto de particulares como de empresas.

“A Comissão teme que a plataforma possa distorcer a concorrência para os serviços de anúncios classificados online”, desde logo por “fazer uso dos dados obtidos de fornecedores concorrentes no contexto da sua publicidade na rede social do Facebook, para ajudar o Facebook Marketplace a ultrapassá-los”. Caso as suspeitas de Bruxelas se comprovem, a instituição poderá avançar com uma pesada multa por violação das regras concorrenciais da UE e por abuso de posição dominante, destaca a Lusa.

Deixe aqui o seu comentário