AMC assume controlo do The History Channel Iberia para “criar novas oportunidades e produtos no universo da televisão por cabo”

Por a 15 de Junho de 2021

A AMC Networks International Southern Europe chegou a acordo com a Hearst para assumir o controlo da totalidade do capital do The History Channel Iberia. Com a aquisição dos 50% detidos pela Hearst, a operação, assegurada desde 2019 através de uma joint venture entre as duas empresas, passa a ser detida na totalidade pela AMC Networks International, que assume as rédeas da produtora e distribuidora dos canais de documentários História, Crime+Investigação e Blaze.

A aquisição, sublinha a empresa em comunicado, permitirá reunir “o portfólio de canais e conteúdos de documentários mais amplo de Portugal e Espanha”, o que, nas palavras de Manuel Balsera, director-geral da AMC Networks International Southern Europe, poderá “criar um valor adicional para os nossos clientes, espectadores e anunciantes”. “A incorporação da equipa, dos canais e dos conteúdos do The History Channel Iberia na nossa empresa representa uma oportunidade para ampliar, diversificar e criar novas oportunidades e produtos no universo da televisão por cabo”, assegura.

O The History Channel Iberia, recorde-se, operou através de uma joint venture entre a Hearst e a A+E Networks no período entre 1998 e 2019, altura em que a mesma passou a ser assegurada pela Hearst e pela AMC Networks International Southern Europe, que no mercado português detém também 50% da Dreamia, uma joint venture com a NOS através da qual são produzidos e distribuídos os canais Hollywood, Panda, Biggs e Casa e Cozinha. A AMC Networks International é igualmente responsável pela distribuição de canais como AMC, SundanceTV ou Odisseia.

Deixe aqui o seu comentário