NOS junta 20 talentos nacionais das artes à ciência em campanha virada para o futuro (com vídeo)

Por a 1 de Abril de 2021

NOS 5GA cientista Elvira Fortunato, o astrofísico André Moitinho, o virologista Pedro Simas ou o médico Gustavo Carona são algumas das figuras que se juntam a nomes das artes e da cultura numa nova campanha da NOS que representa “um desejo de futuro”. “Hoje há um grande desejo de virar a página, um desejo de futuro. O desejo de uma sociedade melhor, mais ágil, mais inteligente, mais ligada, mais sustentável”, explica Rita Torres Baptista, directora de marca e comunicação da NOS, apontando que “esse futuro pede uma tecnologia possibilitadora”-

É essa tecnologia, com foco nas possibilidades que se antecipam com a chegada do 5G, o eixo central da nova campanha publicitária da operadora de telecomunicações, sob o claim “O que aí vem é uma página em branco. É o princípio de tudo”. O objectivo passa por “inspirar e mobilizar todos para a conquista de novas possibilidades”, apresentando “um mosaico composto por pessoas reais, que representam as mais diversas áreas da sociedade” para sublinhar que “entre o sonho e a concretização, entre o frio na barriga e a adrenalina de dar o primeiro passo, está a coragem e a vontade de fazer pela primeira vez”.

Elvira Fortunato (cientista), André Moitinho (astrofísico), Pedro Simas (virologista), Gustavo Carona (médico), Álvaro Siza Vieira Diogo Aguiar (arquitectos), Constança Entrudo (designer têxtil), Joana Duarte (designer de moda), Adriana Mano (Zouri Shoes – calçado ecológico), Filipe Raposo, Dino d’Santiago, Branko, Primeira Dama e Sua Banda (músicos), Afonso Cruz e Matilde Campilho (escritores), Adriana Progranó (pintora), Regg Salgado (muralista), Vitor Agostinho/Samuel dos Reis (projecto Cerne Mutante), Hugo Brito (chef) e Alba Batista (actriz) são os protagonistas deste mosaico, descritos por Rita Torres Baptista como pessoas que “representam o melhor que cada um de nós pode ser e mostram que, apesar de o amanhã ser incerto, há vontade de avançar e fazer pela primeira vez, aquilo que ninguém fez”.

O filme da campanha, realizado por Marco Martins, foi rodado entre Lisboa e Porto, com 180 planos que “remetem para um estado latente de conceptualização e exploração do conhecimento e criatividade”. “Os ambientes transformam-se com a libertação das personagens no momento da criação, e todo o universo conceptual do filme reage a esta mudança”, descreve a marca em nota de imprensa. A criatividade tem assinatura da Havas Different. A produção ficou a cargo da Ministério dos Filmes.

Deixe aqui o seu comentário