Candidatura de Coimbra a Capital Europeia da Cultura “quer ser uma marca” (com vídeo)

Por a 16 de Abril de 2021

Logo Coimbra 2027A imagem da candidatura de Coimbra a Capital Europeia da Cultura 2027 foi apresentada esta quinta-feira ao final da tarde. Paulo Leal foi o vencedor do concurso público lançado pela autarquia com uma proposta inspirada no Mondego. “O rio e a forma como ele avança e molda a cidade foi o ponto de partida para a concepção do logótipo vencedor”, descreve a candidatura, explicando que “a dinâmica do Mondego assume-se como a matéria-prima que fundamentou toda a linha criativa”. “Linha essa que pretende representar agora – através do contorno do rio, mas de uma forma segmentada – um natural desdobramento em novas correntes, as Correntes de Mudança que estão a ser protagonizadas, também, com esta candidatura”, acrescenta-se.

“Esta candidatura quer ser uma marca”, afirma Manuel Machado, presidente da Câmara Municipal de Coimbra, assegurando que “a cidade e a região estão, agora, juntas, em cooperação, a lançar uma semente que se quer preservar mesmo após 2027”. Nesse sentido, além de destacar o “trabalho de excelência da equipa que está envolvida no projecto”, a vereadora da Cultura, Carina Gomes, chama a atenção para “as importantes decisões que estão a ser tomadas em Coimbra a pretexto desta candidatura, como sejam a terceira edição do Orçamento Participativo, com uma dotação de 500 mil euros, dedicada à candidatura de Coimbra a CEC2027, a criação do Conselho Municipal de Cultura ou, ainda, a abertura do Centro de Arte Contemporânea de Coimbra”.

“Este projecto faz-nos acreditar num amanhã melhor por via da cultura”, afirma, por sua vez, Luís de Matos, que assumiu a coordenação do grupo de trabalho responsável pela candidatura. A imagem Coimbra a Capital Europeia da Cultura 2027 foi apresentada esta quinta-feira num evento online, transmitido a partir do Convento São Francisco, que contou com actuações musicais de nomes como Aurea, Pedro Abrunhosa, André Sardet, do Grupo de Fados de Coimbra e de Marisa Liz com Tiago Pais Dias. Foi também apresentado o vídeo oficial da candidatura, a par dos destaques da programação cultural de Coimbra para o segundo trimestre de 2021, que integra o Semestre Europeu – a Europa em Coimbra 2021.

A comunicação da candidatura da cidade de Coimbra a Capital Europeia da Cultura 2027, recorde-se, está a ser trabalhada pela Central de Informação. A agência, que em 2012 foi responsável pela comunicação de Guimarães enquanto Capital Europeia da Cultura, foi escolhida pela autarquia para para integrar o projecto de candidatura da cidade, que ficou sob a responsabilidade de um grupo de trabalho coordenado pelo ilusionista Luís de Matos e que integrou outras personalidades da cidade em representação das várias áreas culturais com o intuito de “repensar estrategicamente a cultura em Coimbra”. A cargo da Central de Informação fica a comunicação da candidatura com o objectivo de “potenciar a visibilidade e envolvimento do projecto em Portugal e internacionalmente”.

Deixe aqui o seu comentário