Taguspark reposiciona-se como Cidade do Conhecimento

Por a 11 de Fevereiro de 2021

TAGUSPARK_Cidade do ConhecimentoNum reposicionamento que se pretende alinhado com o projecto Oeiras Valley, o Taguspark vai passar a assumir a designação Cidade do Conhecimento. “Com esta mudança de assinatura, decidimos sublinhar aquilo que fazemos. É o conhecimento que está na génese do desenvolvimento, que nos permite ir mais longe e alargar fronteiras. Queremos que aquilo que aqui se faz seja um exemplo para o país a todos os níveis”, justifica Eduardo Baptista Correia.“

O Taguspark tem as características de uma cidade especial. Tudo aquilo que aqui acontece é em contexto urbano”, explica o CEO, sublinhando que, actualmente, “o parque junta um conjunto de serviços e de áreas de comércio, tem arte e cultura, tem políticas de civismo e de dignidade laboral”. “Somos uma cidade económica, que produz conhecimento baseado em ciência e tecnologia, que produz riqueza”, conclui o responsável.

O espaço, criado em 1992 como parque de ciência e tecnologia, evoluiu ao longo dos anos e o objectivo é que o novo posicionamento transmita a ideia de que “o Taguspark é hoje, muito mais do que um parque dedicado à ciência e à tecnologia”, afirmando-se como “um ecossistema vibrante, inovador, competitivo, vanguardista e multicultural, feito por todos aqueles que trabalham e visitam diariamente o parque”.

“É uma cidade de trabalho única em Portugal, focada nas pessoas, nos valores do civismo, na arte e na cultura, no bem-estar e na felicidade, descreve-se em nota de imprensa sobre o reposicionamento, cuja estratégia e comunicação estão a ser desenvolvidas em conjunto com a agência F5C.

Deixe aqui o seu comentário