Sindicato quer incluir jornalistas no grupo de trabalhadores essenciais

Por a 12 de Fevereiro de 2021

MediaDeverão os jornalistas incluir o grupo de profissionais debaixo da classificação de trabalhadores essenciais neste contexto de pandemia? O Sindicato dos Jornalistas (SJ) considera que sim e endereçou ao governo um pedido para que seja feita essa avaliação, argumentando que “os jornalistas estão na linha da frente desde Março de 2020, para garantir à população o direito à informação, consagrado na Constituição da República Portuguesa”.

“Infelizmente, os jornalistas trabalham em condições cada vez mais difíceis e precárias, que o fecho das escolas só veio piorar. Ora, a mobilização para o serviço ou prontidão dos jornalistas – que tem de ser constante para responder a um desígnio constitucional e democrático – obsta, frequentemente, a que estejam em condições de prestar assistência a filhos ou outros dependentes a cargo”, justifica a entidade sindical, defendendo que a atribuição dessa classificação aos jornalistas “seria uma medida justa e simples, que poderia ajudar muitos, nomeadamente os casais em que ambos são jornalistas, particularmente no acesso às escolas especiais, que se mantêm abertas para receber os/as filhos/as dos/as trabalhadores/as essenciais”.

Deixe aqui o seu comentário