Dicas para as empresas portuguesas terem maior visibilidade nas plataformas de e-commerce

Por a 9 de Fevereiro de 2021

João Miguel FernandesPor melhor que seja um produto, vendê-lo online requer muito mais do que apenas a sua qualidade. Vivemos numa época em que a compra e venda online está em grande crescimento, não só graças à qualidade da internet e das plataformas disponíveis, mas também fruto da expansão dos smartphones e das suas capacidades. O maior desafio é aumentar a visibilidade e chegar a um ponto de rentabilização. Seja qual for a plataforma que usemos, Amazon, WordPress, Shopify ou outra, para alcançarmos esse objectivo é necessário optimizarmos ao máximo certas características e adquirirmos a informação necessária para tomar as melhores decisões.

SEO

Definido como sendo um conjunto de técnicas que melhoram o posicionamento de um website nos diversos motores de busca como o Google, SEO é na verdade bem mais do que isso.

Precisamos de fazer um estudo detalhado de palavras chave relacionadas com o nosso produto e área de mercado e depois optimizar os títulos dos nossos produtos e descrições dos mesmos. Plataformas como a Amazon têm um motor de busca interno e a forma como os nossos produtos irão surgir nos primeiros resultados de pesquisa está dependente da boa utilização de palavras chave relacionadas com esses produtos.

Forte identidade visual e escrita

Boas imagens vendem mais, mas o que são boas imagens? No fundo são imagens com boa definição e resolução, boa iluminação, em que o produto se veja de forma clara e preferencialmente com uma identidade visual única. Num mundo onde todos se imitam uns aos outros é essencial criar algo apelativo, tanto do ponto de vista visual como na comunicação escrita da marca.

Bom conhecimento de anúncios online

A criação de anúncios online, seja na Amazon ou na Google, é simples, mas optimização pode ser extremamente complexa. Existem inúmeros tipos de anúncios, mas a maioria requer um bom uso de palavras chave e elementos visuais de grande qualidade. No caso da Amazon, uma das chaves para o sucesso passa por identificar a licitação mais correcta por palavra-chave, criar anúncios que promovem a marca, mas também que se foquem nos produtos em questão. Uma estratégia passa por criar uma campanha de promoção para a loja da marca (espécie de website interno que podemos criar na Amazon para a nossa marca).

Análise detalhada do mercado e da concorrência

Existem inúmeras ferramentas que nos ajudam a analisar a concorrência, o mercado, optimizar palavras chave e os nossos anúncios. Entre as ferramentas mais usadas para a Amazon encontram-se Helium 10 e Jungle Scout, mas no caso de plataformas de CRM como o WordPress podemos utilizar o SEMRush ou Similarweb. O essencial é que consigamos identificar os principais concorrentes e estudar o que têm feito de forma a evitarmos possíveis erros e melhorarmos o nosso conteúdo/estratégia.

Marketing externo: Expandir o negócio por outras plataformas

O marketing externo é quase obrigatório para que uma marca aumente a sua visibilidade e presença nos motores de busca. Mesmo que o nosso negócio seja focado apenas na Amazon, é necessário criarmos uma extensão da nossa marca nas principais redes sociais, utilizarmos o e-mail marketing para dinamizarmos as nossas vendas, utilizando, por exemplo, e-mails automáticos para quem deixa produtos no carrinho e não finaliza a sua compra (para isso precisamos de um website, não existe e-mail marketing na Amazon). A utilização de programas onde ao referirmos ‘x’ pessoas podemos ter acesso a uma oferta ou desconto exclusivos também é útil (exemplo do Airbnb).

Artigo de opinião de João Miguel Fernandes, e-commerce manager na empresa Commerce 8 em Estocolmo, Suécia

Deixe aqui o seu comentário