Worten reduz operação em Espanha: 14 lojas encerram e 17 passam para as mãos da MediaMarkt

Por a 13 de Janeiro de 2021

Worten_Espanha_Sant_Antoni_Apertura_017A Worten pretende focar no canal digital a sua operação no mercado espanhol, mantendo apenas as “16 lojas físicas com maior rentabilidade”, decisão que reduz a menos de um terço a actual presença física da marca detida pela Sonae no país vizinho. Da rede de 47 lojas detidas pela Worten Espanha, 17 passarão para as mãos da MediaMarkt, que chegou a acordo com a empresa portuguesa para a aquisição dos espaços e transição dos 270 trabalhadores, enquanto outras 14 lojas irão encerrar.

“No actual contexto de transformação do sector, acelerada pela actual crise pandémica, decidimos fazer mudanças estruturais, para garantir resultados operacionais positivos em Espanha em 2021”, justifica José Vieira de Almeida, country manager da Worten Espanha, garantindo que “esta mudança não afecta a continuidade ou independência do nosso negócio nesta geografia, onde, a partir de agora, nos concentraremos em servir os clientes da forma mais eficiente, através do online e das lojas físicas que melhor se adaptam ao nosso modelo omnicanal em Espanha”.

Apontando resultados positivos no canal digital, a empresa explica, em comunicado, que “as vendas da worten.es cresceram significativamente nos últimos anos, o que veio acelerar a decisão de focar a operação na loja online e nas 16 lojas físicas com maior rentabilidade”. Motivos que sustentam a intenção de “acelerar a digitalização do seu negócio naquele país, concentrando esforços no canal digital e assegurando uma rentabilidade positiva em 2021”.

Na sequência do negócio de venda das 17 lojas da marca em Espanha, que aguarda aprovação por parte da Comissão Nacional dos Mercados e da Concorrência espanhola e deverá concretizar-se no primeiro trimestre de 2021, é esperado que os espaços comecem a operar sob a marca MediaMarkt até Março.

O negócio, considera Alberto Álvarez Ayuso, general managing director da MediaMarkt Iberia, “encaixa-se perfeitamente nos nossos objectivos estratégicos de ser a primeira escolha como retalhista de confiança para soluções personalizadas num mundo orientado para a tecnologia”. O responsável salienta ainda que “o acordo proposto também reflecte a nossa aposta clara num compromisso com o modelo omnicanal, com 17 novas lojas para impulsionar as nossas vendas online com novos pontos de entrega e recolha de compras feitas online”.

Deixe aqui o seu comentário