Cannes Lions admite reduzir número de delegados para garantir realização do festival

Por a 14 de Janeiro de 2021

cannesA terceira semana de Junho deverá este ano voltar a contar com uma edição presencial do festival internacional de criatividade Cannes Lions. A intenção foi confirmada esta quarta-feira pela organização, admitindo que poderá ser necessário reduzir o número de delegados presentes no evento para assegurar que o mesmo poderá regressar em formato presencial à cidade do Sul de França. Após ter sido forçada pela pandemia a cancelar a edição do último ano, a organização pretende também, de forma excepcional, abranger dois anos na avaliação de campanhas, premiando trabalhos criados e colocados no ar em 2020 e 2021.

“Embora as viagens estejam actualmente com restrições, a disponibilização de várias vacinas oferece a esperança de que possamos estar juntos em Junho, mesmo que seja preciso limitar o número de delegados”, afirma Phillip Thomas, chairman do festival, cujas inscrições foram entretanto abertas.

Face ao cenário de incerteza provocado pela evolução actual da pandemia, o responsável explica que a organização continuará “a monitorizar cuidadosamente a situação”, prosseguindo com “comunicações regulares com as autoridades francesas”, ao mesmo tempo mantendo contacto “com a indústria global”. “Todos estão ansiosos”, assegura Philip Thomas.

Deixe aqui o seu comentário