WPP acaba com Grey para criar grupo AKQA

Por a 12 de Novembro de 2020

grey-akqa-PAGE-2020É mais uma fusão no universo WPP. O grupo decidiu fundir as networks AKQA e Grey, o que implica o desaparecimento da histórica marca Grey. O novo grupo AKQA tem seis mil funcionários em 50 países.

Até aqui apenas a Grey operava no mercado português. Fundado em 1917 por Lawrence Valenstein e Arthur C. Fatt, o Grey Global Group começou por ser uma empresa de marketing directo chamada Grey Studios. Foi em 1956, é que a Grey conquistou o seu primeiro grande cliente: a Procter & Gamble. A Grey, com sede em Nova Iorque chegou a ter escritórios em 154 cidades em 96 países.

O fundador da AKQA, Ajaz Ahmed, passa CEO do novo grupo, enquanto o CEO da Grey Worldwide, Michael Houston, será presidente e COO da nova estrutura. “O nosso objectivo é expandir horizontes, combinando a curiosidade, ambição, imaginação e espírito pioneiro de uma startup com o alcance de uma empresa global”, declarou Ajaz Ahmed.

Recorde-se que há dois anos a WPP anunciou a fusão entre a Y&R e VML, dando origem à VMLY&R, enquanto as agências J. Walter Thompson e Wunderman passaram a Wunderman Thompson.

Deixe aqui o seu comentário