NetAudience: Correio da Manhã reforça liderança

Por a 13 de Novembro de 2020

Clipboard01O estatuto de meio de comunicação social com maior alcance digital em Portugal continua a pertencer ao Correio da Manhã, que em Outubro viu o seu reach multiplataforma crescer para os 3 milhões e 654 mil pessoas. Após ter registado em Setembro um reach de 3 milhões e 528 mil pessoas, a subida alcançada no último mês permite ao diário da Cofina reforçar a liderança do ranking netAudience ao distanciar-se da TVI. A estação de Queluz, que em Setembro estava colada ao Correio da Manhã, com 3 milhões e 526 mil indivíduos alcançados, mantém a segunda posição mas regista uma descida para os 3,41 milhões.

O Jornal de Notícias, com um reach multiplataforma de 3,4 milhões de pessoas, volta a encerrar o top 3 de Outubro, excluindo o Mundo Sapo. O agregador de conteúdos, que conta com títulos como o jornal I, Jornal Económico, Visão, Activa ou Polígrafo, totaliza um reach multiplataforma de 4 milhões e 256 mil pessoas, valor que assegura à liderança do ranking netAudience.

Entre os títulos generalistas, o mês de Outubro trouxe mudanças, com o Diário de Notícias a ultrapassar o Expresso. O título do Global Media Group, que se prepara para regressar ao formato diário a partir do próximo dia 29 de Dezembro, registou um crescimento do seu alcance digital, dos 2,12 milhões de pessoas em Setembro para 2,35 milhões no último mês. Embora tenha descido uma posição, o semanário da Impresa regista igualmente uma subida, reforçando o reach digital de 2,24 milhões em Setembro para os 2,33 milhões de pessoas alcanças no online durante o último mês. À frente destes dois títulos, volta a surgir em Outubro, com um reach multiplataforma 2,74 milhões de pessoas, a Flash. Ao Diário de Notícias e Expresso segue-se à NiT, que lidera o segmento de lifestyle ao alcançar 2,19 milhões de pessoas. O Notícias ao Minuto, que em Junho ocupava a quinta posição do ranking geral, deixou de ser auditado pelo netAudience, seguindo uma decisão que havia já sido tomada pelo Público. O diário da Sonaecom, recorde-se, abandonou o ranking da Marktest por não concordar com os critérios de análise.

A liderança no segmento desportivo mantém-se nas mãos do Record, que atinge um reach multiplataforma de 1,86 milhões de pessoas, seguido por O Jogo, com cerca de 1,69 milhões, e pelo MaisFutebol, que alcançou 1,2 milhões de pessoas. Entre os títulos do segmento económico, o Jornal de Negócios lidera com um reach digital de 1,63 milhões de pessoas, enquanto o Dinheiro Vivo alcançou perto de 984 mil pessoas em Outubro.

Entre as estações de televisão, a SIC mantém-se na segunda posição, com um reach multiplataforma de 2,49 milhões de pessoas, valor que garantiu à estação de Paço de Arcos a sexta posição no ranking geral. Já a RTP, que ocupa a 12ª posição, fica pelos 1,72 milhões de indivíduos alcançados no digital. Nas rádios, a TSF segura a liderança conquistada em Setembro, ao alcançar aproximadamente 1,24 milhões de pessoas. Seguem-se a RFM (1,11 milhões), a Renascença (1,02 milhões) e a Comercial (perto de 889 mil pessoas alcançadas no digital).

Analisando os resultados por grupo de media, a Cofina assumiu a liderança em Outubro, totalizando um reach multiplataforma de 4 milhões e 385 mil pessoas. Números que garantiram a ultrapassagem à Media Capital, que liderava o ranking no mês anterior e ocupa agora a segunda posição, somando em Outubro um reach multiplataforma de 4 milhões e 328 mil pessoas. O Global Media Group permanece na terceira posição com um reach multiplataforma de 4,27 milhões de pessoas. Seguem-se a Impresa (3,58 milhões), a Renascença Multimédia (1,94 milhões) e a RTP (1,72 milhões).

O ranking netAudience apresenta desde Maio de 2019 os números relativos ao reach agregado dos títulos que integram a rede Nónio: 5,41 milhões de indivíduos alcançados em multiplataforma no último mês. No passado mês de Junho passou também a incluir a rede Sapo, que totaliza cerca de 4,4 milhões de indivíduos alcançados.

Deixe aqui o seu comentário