Audiências TV: SIC segue na liderança com TVI a encurtar distância

Por a 30 de Novembro de 2020

Clipboard01Na semana 48, o consumo televisivo ultrapassou a fasquia das 6 horas por dia, situando-se mais concretamente nas 6h01m. Face à semana anterior verificou-se um aumento superior a 10 minutos, no tempo de visionamento dia. Na equação do share, o cabo cresceu para os 37,3% de quota de audiência. A SIC estabilizou nos 18,7%, enquanto a TVI passou para os 17,2%. A diferença no share entre os dois generalistas privados é agora de apenas 1,5p.p., a menor do ano. Quanto à RTP1, caiu para os 11,5%, afastando-se do share dos Outros (inclui o visionamento em time shift, streaming e vídeo/jogos), que subiu para os 13,2%.

Na tabela dos canais pagos mais vistos, a semana é marcada por alterações de lugares e pela reentrada do Fox Movies para a oitava posição, com uma audiência média de 26,9 mil telespectadores. As mudanças foram a subida do TVI Realty ao sexto lugar, e a descida da TVI 24 à posição seguinte, enquanto Fox Life e Disney Channel protagonizaram a outra troca. É de referir que o Disney esta semana é o único canal infantil a marcar presença no top. No pódio, a CMTV reforça a posição de líder, com o aumento de audiência para 94,1 mil telespectadores/diários.

Clipboard02No ranking da programação apenas o jogo da Champions transmitido pela TVI, Marselha x FC Porto no segundo lugar, com 17% de audiência média, contrariou o domínio absoluto da SIC, que colocou na tabela quatro entre os cinco programas mais vistos entre 23 e 29 de Novembro. Com 19,7% o que reuniu mais audiência foi o jogo da Liga Europa/Rangers x Benfica.

Havas_media_groupCom 258,6 mil telespectadores, o filme Hollywood 10.000 AC revelou-se o programa mais visto da oferta dos Pay TV, quebrando também o domínio da CMTV: quatro dos cinco programas mais vistos da semana foram conteúdos do canal da Cofina.

Análise Data Insights do Havas Media Group

Deixe aqui o seu comentário