Worten investe 9 milhões para renovar linha de comunicação (com vídeos)

Por a 15 de Julho de 2020

389e84af42bf0ba3c7c82d5329f27d83Após dois anos com o salto tecnológico no centro da comunicação da marca, a Worten aposta agora em dar um lado mais humano ao seu posicionamento nesse segmento. “Com a tecnologia Worten, dá para imaginar” é o claim que marca a nova linha de comunicação da insígnia, estreada numa campanha com criatividade assinada pela Fuel e que representará um investimento, a preços de tabela, na ordem dos nove milhões de euros. A comunicação da marca passa assim a estar focada nos “desejos e sentimentos de cada um de nós na forma como imaginamos tirar partido do que a tecnologia tem para nos dar”, deixando aos portugueses o desafio de “‘imaginar’ tudo o que podem fazer com os produtos tecnológicos que a marca disponibiliza”.

Na origem da evolução do conceito, explica Inês Drummond Borges, está o facto de ter deixado de fazer sentido incentivar um salto tecnológico que é ja uma realidade. “Nos últimos dois anos, desafiámos os portugueses a darem um salto tecnológico connosco. Ora, o confinamento a que todos fomos sujeitos acelerou incrivelmente esse movimento e o certo é que a maioria dos portugueses teve de dar, de forma mais ou menos natural, mais ou menos forçada, um enorme salto tecnológico, seja por causa do teletrabalho, do ensino à distância ou apenas para manterem um contacto assíduo com familiares e amigos”, explica a directora de marketing da Worten, lembrando que nos últimos meses “vimos avós a aprenderem a fazer vídeo chamadas para irem acompanhando os netos, pessoas a ligarem-se para fazer exercício físico em conjunto através de plataformas digitais e tantas outras a fazer, pela primeira vez, uma compra online”.

Motivos por que, justifica a responsável, “não faz sentido, para uma marca como a Worten, continuar a apelar a algo que já aconteceu”, pelo que “construímos uma nova abordagem a um storytelling que nos continuará a posicionar como a principal marca de tecnologia dos portugueses, próxima, prática e humana, capaz de lhes oferecer tudo o que desejam, ambicionam e imaginam, sempre aos melhores preços”.

O conceito criado pelo Fuel é materializado em cinco filmes com realização de Martim Condeixa e produção a cargo da Show Off e Proud Solutions. “Cada um imagina o que quer. A forma como olhamos para um portátil é diferente. Há quem veja uma ferramenta de trabalho e há quem veja uma janela de diversão. Essa heterogeneidade inspirou-nos a desenvolver várias peças, com vários temas, que representassem diferentes formas de olhar para os equipamentos”, destaca João Madeira da Silva, director criativo da Fuel, sobre a flexibilidade do conceito, que permite “ir acrescentando produtos e visões sobre esses produtos, mantendo sempre a originalidade da mensagem”. A campanha marca presença em televisão, digital, rádio e redes sociais, bem como no site e espaço de loja da marca.

Deixe aqui o seu comentário