Manuel Alves Monteiro é o novo CEO da Media Capital

Por a 16 de Julho de 2020
Nuno Santos

Nuno Santos

Luís  Cabral, desde Julho do ano passado administrador delegado da Media Capital, apresentou renúncia ao seu cargo informa a empresa. Manuel Alves Monteiro, até então  administrador não executivo, é o sucessor.

“O Grupo Media Capital regista com profundo reconhecimento o contributo e reconhecida competência com que Luís Cabral serviu a Sociedade, em diferentes áreas de negócio e em diferentes funções, sempre pautando a sua actuação por elevados níveis de rigor e profissionalismo e aproveita a oportunidade para expressar os votos de sucessos futuros”, diz o grupo em comunicado.

“Este é um cargo de imensa responsabilidade, que assumirei com o propósito de dar continuidade a uma modernização do Grupo Media Capital. Agradeço a confiança em mim depositada pelo Conselho de Administração e desde já, conto com todos para  juntos fazermos este percurso em direcção ao futuro”, diz, por seu turno, o novo CEO da empresa.

Miguel Alves Monteiro, vogal da Mystic Invest, empresa de Mário Ferreira,  ingressou nos órgãos  sociais da Media Capital em Abril.

“Não posso responder. Mantenha-se ou não, não é uma decisão minha. É uma decisão da assembleia ou do conselho de administração”, dizia em Maio, em entrevista ao M&P, Mário Ferreira sobre a permanência de Luís Cabral como CEO do grupo.

Também na última sexta-feira, dia 10, Sérgio Figueiredo deixou a direcção de informação da TVI.

Nuno Santos passa a director-geral da TVI

Entretanto, já ao final da tarde, a MC anunciou a nomeação de Nuno Santos para director-geral da TVI, com efeitos imediatos. Esta escolha, de acordo com o conselho de administração da TVI, “inscreve-se na transformação da companhia que vem tendo lugar e numa visão integrada da actividade da TVI, com o objectivo de colocar o canal e toda a plataforma de conteúdos numa posição de ainda maior destaque no mercado dos media em Portugal”.

“Conto com todos para esta mudança exigente, sustentada numa organização moderna, ágil e focada no futuro. O conteúdo e as pessoas estão no centro da nossa actividade e teremos o arrojo e a inovação que os tempos pedem. A TVI tem uma inigualável ligação a Portugal e aos portugueses. Saberemos valorizar esse património”, diz o novo director-geral da estação, que ingressou na TVI em Janeiro, como director de programas.

Hoje com 52 anos, Nuno Santos, já foi director de programas também da RTP e da SIC, director de informação da RTP e  o primeiro director da SIC Notícias.

A nova estrutura da TVI será, diz a MC, anunciada brevemente.

Deixe aqui o seu comentário