Esta quinzena: Miguel Barros, Reputação e Especial Formação

Por a 15 de Julho de 2020

K_mep-Mont_865A capa do M&P nesta quinzena coloca em destaque a entrevista a Miguel Barros, presidente da APAP e do Havas Creative Group, do qual é também partner, que analisa a forma como a pandemia impactou o trabalho das agências criativas e também das marcas, deixando pistas para o futuro. O impacto da pandemia nas agências, a forma como se podem adaptar ao novo normal, o modo de funcionamento e a relação com os clientes, a comunicação que se segue e a relação com as agências de meios e com os media foram alguns dos temas abordados na conversa.

Nesta edição, destaque também para o Especial Formação, onde tentamos perceber que caminho seguirão os modelos de ensino nas áreas da comunicação, marketing e publicidade, numa altura em que a pandemia pode ter vindo acelerar a massificação do remote learning. Os espaços de opinião são assinados por Joana Teixeira (Fullsix), Luís Marinho Falcão (Mindsetters) e Vítor Cunha (JLM & Associados). Fique a par dos temas para ler nesta quinzena.

“Aconteceu de tudo, menos subidas de fees”

Em conversa com o M&P, Miguel Barros, presidente da APAP e do Havas Creative Group, do qual é também partner, analisa a forma como a pandemia impactou o trabalho das agências criativas e também das marcas, deixando pistas para o futuro

Reputação em tempo de pandemia

O impacto da pandemia ao nível da reputação corporativa ainda é incerto para a maioria dos gestores portugueses, revela um barómetro do Rep. Circle. Certo é que o investimento em comunicação é um dos mais propensos a sofrer cortes nos próximos seis meses e a gestão de crise ainda é “amplamente desvalorizada”

4 questões a Salvador da Cunha

O CEO da Lift Consulting e fundador do Rep.Circle analisa algumas das principais conclusões do estudo

Especial Formação

Formação à distância será o novo normal?

O remote learning já era uma tendência crescente na era pré-covid. Com o confinamento forçado, seguido de um novo normal, a pandemia pode ter vindo acelerar a massificação deste formato. Numa altura em que o teletrabalho continua a ser uma realidade para muitos, o sector da formação profissional adapta-se, sem esquecer que a componente presencial e prática continuará a ser determinante

O perfil do profissional pós-pandemia

Acompanhando de perto as competências mais valorizadas pelo mercado de trabalho quando chega a altura de contratar um profissional, as escolas de formação ajudam a encontrar pistas sobre a forma como o perfil dos profissionais de comunicação, marketing e publicidade poderá evoluir neste contexto de pós-pandemia.

Deixe aqui o seu comentário