Vinhos Verdes investem 300 mil euros em campanha de recomeço

Por a 20 de Maio de 2020

vinho-verde-final-10“Verde combina com esperança” e “Verde combina com reencontro” são duas das mensagens da campanha lançada pela Comissão de Viticultura da Região dos Vinhos Verdes (CVRVV) para assinalar o recomeço. Sob o mote “O que combina com Verde?”, a campanha da região é dirigida ao mercado nacional numa nova fase de comunicação em que se relembra que “Há um Verde para cada momento”. “Todos ambicionamos mais liberdade, todos desejamos conviver mais, e estes são os valores que os Vinhos Verdes representam. Portugal e os portugueses mostraram o seu melhor durante a fase mais crítica destes tempos extraordinários. É chegado o momento de brindar com um Verde a um regresso cor de esperança”, explica Manuel Pinheiro, presidente da CVRVV, defendendo que “é preciso continuar também a comunicar a diversidade de vinhos que a Região dos Vinhos Verdes produz e a levá-los à mesa das famílias em Portugal e no mundo”.

A campanha marca presença em canais de televisão em sinal aberto e cabo, imprensa, meios exteriores e nas redes sociais, estando igualmente previstas “acções promocionais na grande distribuição, com iniciativas para potenciar as vendas”. Será também lançado um programa de incentivo a visitas à Rota dos Vinhos Verdes durante o período de férias em território nacional.

“Neste longo confinamento, estivemos a trabalhar no sentido de ajustar a marca à nova realidade, tanto a nível nacional como internacional, cumprindo com as regras de contenção e distanciamento social que estes tempos nos impõem. Eventos como festivais de Vinho Verde agendados para Berlim ou Nova Iorque, ou acções para promoção de negócios entre produtores e compradores internacionais ficaram suspensos até que se reúnam as condições de segurança necessárias à sua execução. Mas outras acções personalizadas, junto de profissionais e consumidores, estão a ser trabalhadas”, enquadra Carla Cunha, directora de marketing da CVRVV, sublinhando que “é tempo de fazer chegar a mensagem de liberdade e esperança que o Vinho Verde pode transmitir”.

Deixe aqui o seu comentário